Gaeta, já se passaram 10 anos sem você


Gaeta, já se passaram 10 anos sem você

Foi num dia 13 de fevereiro que José Alberto Gonçalves deu adeus à sua terra.

Gaeta foi vereador, presidente da Câmara Municipal, vice-prefeito do Clodoaldo Medina e de Roberto Massafera, amigo do Mário Covas e de muita gente que apreciava a lealdade como referência ética, construída com notoriedade relatada em muitos anos de trabalho e dedicação às causas de Araraquara.

Foi casado com Erlene Passerini Gonçalves e teve três filhos: Francisco, Flávia e Fernando que perpetuama aos seus filhos os ensinamentos do pai.

Uma vida exemplar, uma cronologia interminável de bons serviços à nossa Araraquara. No Palmeirinhas da Vila Xavier, através do esporte, batendo bola e como dirigente, Gaeta deu ao saudoso clube da Vila um encanto especial.

Em 1969 Gaeta despertou para a política. Foi eleito vereador nas 6ª e 12ª legislaturas da Câmara Municipal de Araraquara e Vice-Prefeito nas 7ª e 11ª. Exerceu o mandato de Prefeito, em substituição ao Chefe do Executivo Roberto Massafera, em virtude de licença, por 14 dias em 1994,15 dias em 1995 e 14 dias em 1996. Foi 1º Secretário da Mesa Diretora de 1969 a1970 e de 1972 a 1973; e Presidente da Câmara de 1970 a 1971 e em 1999.

No Hospital Beneficência Portuguesa de Araraquara, Gaeta foi presidente da instituição e mesmo depois, continuou acompanhando a administração desse hospital que teve muito a ver com as raízes de sua família. Na Ferroviária, Gaeta como vice-presidente e presidente, sempre se destacou com suas gestões, além de levar o time a melhor colocação no Campeonato Paulistade 1985, quarto colocado.

Como dizia o pensador, William Penn, “A morte é apenas uma travessia do mundo, tal como os amigos, que atravessam o mar e permanecem vivos uns nos outros”. E o amigo Gaeta estará eternamente nas lembranças de seus entes queridos, amigos e todos os araraquarenses.