Mutirão de saúde realizará 700 atendimentos gratuitos


Mutirão de saúde realizará 700 atendimentos gratuitos

“Um serviço inestimável para a nossa população”, diz vereador Gerson da Farmácia, que confere atendimentos

À espera da entrada no consultório de Geriatria, o aposentado Aparecido Sorrentino está satisfeito: “Ando sentindo umas dores aqui no peito. Soube que estavam atendendo aqui e vim ver um médico. Eles estão me acompanhando desde o começo, estou sendo muito bem atendido”. Sorrentino é uma das 100 pessoas que retiraram sua senha na sexta-feira (25) para atendimento gratuito no mutirão de saúde do Programa de Expedições Científicas e Assistenciais (Peca) da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Em sua 15ª edição, o Peca vem a Araraquara pelo segundo ano consecutivo, em uma parceria entre a Faculdade Santa Casa, a Prefeitura e a Santa Casa de Araraquara. “O mutirão é excelente, porque dá vazão à demanda na cidade”, explica o coordenador de Atenção Especializada Edson Rodrigues Filho. “Muitas pessoas que não estão conseguindo ir ao posto de saúde ou que têm uma dificuldade específica podem vir aqui e receber um atendimento multidisciplinar. Com médicos de várias áreas, o paciente pode até receber um novo norte”, completa.

A estudante do 4º ano de Medicina Laís Potenza está participando do Peca pela segunda vez. “A primeira foi em Limeira. Desta vez, em Araraquara, faço parte da comissão organizadora. Estou adorando, apesar de ser bem cansativo. Acordamos às 5h30 para chegar aqui cedinho e deixar tudo pronto para receber os pacientes a partir das 8 horas. É ótimo porque estamos atendendo pacientes de várias áreas”, conta.

O vereador Gerson da Farmácia (MDB) observa que “este tipo de aprendizado é maravilhoso para os alunos. É algo de que eles nunca vão se esquecer na vida profissional deles”. “O investimento em mão de obra qualificada dá um salto de qualidade incrível no atendimento à população. Temos certeza de que esses profissionais sairão daqui com uma outra visão”, completa Rodrigues.

Com 300 estudantes e 100 professores, o mutirão presta atendimento gratuito nas seguintes áreas: Clínica Médica, Pediatria e Hebiatria, Ginecologia e Obstetrícia, Ortopedia, Reabilitação (Terapia Ocupacional, Fisiatria e Fisioterapia), Geriatria, Odontologia, Radiologia, Psiquiatria, Psicologia, Oftalmologia, Urologia, Neurologia, Endocrinologia, Otorrino, Fonoaudiologia, Nutrição e Conflitos Familiares Difíceis (Confad). Além disso, são oferecidos exames laboratoriais e pré-operatórios para cirurgias de média complexidade a serem realizadas na Santa Casa de Araraquara.

“É um serviço inestimável para a nossa população, uma iniciativa que conta muito para a nossa cidade e para tantas pessoas que estão esperando por cirurgias e exames. Agradeço a todos os envolvidos, na pessoa da secretária Eliana Honain, por terem trazido este mutirão a Araraquara pelo segundo ano consecutivo”, conclui Gerson da Farmácia.

O mutirão

Os serviços são prestados na Escola Estadual “Professora Maria Isabel Rodrigues Orso”, que fica na Rua Dr. José Logatti, nº 909, no Selmi Dei. Consultas especializadas ocorrem no NGA-3 (Núcleo de Gestão Assistencial), no Centro Especializado em Reabilitação e na Umed (Unidade Médica de Diagnóstico). Na Santa Casa, 30 cirurgias de hérnias e retirada da vesícula biliar serão realizadas. São distribuídas 100 senhas pessoais por dia, e os atendimentos ocorrem por ordem de chegada, das 8 às 17 horas, até o dia 29 de fevereiro.