Dia Municipal da Literatura é defendido por escritora


Dia Municipal da Literatura é defendido por escritora

Darcy CamaraDarcy Aparecida Dantas, credenciada pela Academia Araraquarense de Letras

Um dos assuntos em pauta na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Araraquara, na noite desta terça-feira (4), era o Projeto de Lei de autoria do vereador Rafael de Angeli (PSDB) que institui e inclui no Calendário Oficial de Eventos do Município de Araraquara o "Dia Municipal da Literatura", a ser comemorado anualmente no dia 11 de abril.

Para defender a propositura, a escritora Darcy Aparecida Dantas, credencial pela Academia Araraquarense de Letras, ocupou a Tribuna Popular, quando afirmou que “ o livro nos leva onde nossos pés não conseguem nos levar”.

A oradora fez saber que em cada mês de abril, no dia 11, será lembrado, de forma simples, mas intensa, que o livro ensina, alerta e nos faz pessoas melhores. “Esse dia será dedicado à literatura, mas o desejo maior é que esse dia seja dedicado ao escritor Ignácio de Loyola Brandão, que chegou ao mais alto posto da literatura, como membro da Academia Brasileira de Letras”, disse.

Frisou também que o "Dia Municipal da Literatura" será de palestras, de livros a serem distribuídos, varais poéticos pela cidade e muito mais. “Faremos uma revolução literária, pois o povo que não respeita sua cultura perde a identidade e até sua independência”, encerrou.