É decisão! Ferroviária recebe o São Caetano pelo Paulistão


É decisão! Ferroviária recebe o São Caetano pelo Paulistão

 paulistao ferroviaria sao caetanoLocomotiva está perto de vaga inédita

A noite desta sexta-feira pode ser histórica para a Ferroviária. O time de Araraquara recebe o São Caetano, às 21h, na Fonte Luminosa, pela 11ª rodada do Paulistão, e pode garantir a inédita vaga à fase quartas-de-final. Os ingressos já estão à venda.

Para isso, a Locomotiva precisa vencer para não depender de outros resultados para carimbar a passagem para a próxima fase.

O momento favorável contribuí para que isso aconteça. Invicta há cinco jogos, sendo uma vitória e quatro empates, a Locomotiva volta a atuar novamente diante de sua torcida e terá pela frente o Azulão, que luta para não ser rebaixado. A equipe ocupa a penúltima colocação da classificação geral, a frente apenas do São Bento, lanterna.

Apesar do momento ruim do adversário, Anderson Uchôa prega respeito e declara que será um jogo difícil para o time grená.

"Sabemos da responsabilidade para esta partida. Será um jogo que não vai ser nada fácil, até por causa da situação que o São Caetano. Nós jogadores temos que entrar ligados para que não sejamos surpreendidos dentro de casa", declara o volante.

O jogador vem atuando nas últimas partidas desde a suspensão do volante PH por doping. Mesmo assim, Uchôa caiu nas graças do torcedor e também fez questão de enaltecer todo o elenco na disputa da competição.

"A situação do PH é triste por tudo o que aconteceu. Ele vinha jogando bem. E receber elogios por parte dos torcedores é muito bom, mas o time todo é importante. Não tem A ou B. O Tadeu já salvou muito a gente, Rayan fez gol. Todo mundo é importante, até mesmo os que estão no banco de reservas. O Léo [Artur] não vinha jogando e neste último jogo ele foi decisivo para gente, marcando um gol. Todos tem a sua importância dentro de campo", enfatiza.

Outro que espera um duelo de muita dificuldade é o treinador Vinícius Munhoz. O comandante grená acompanhou a partida do Azulão diante do Novorizontino e ressalta o cuidado que sua equipe deve tomar durante o jogo.

"A colocação do São Caetano não condiz com o elenco que tem. Eu não tenho dúvidas que, pelo que eu vi lá em Novo Horizonte, o São Caetano vai nos propor muita dificuldade no jogo desta sexta-feira e vamos ser cuidadosos em todos os detalhes para que não sejamos surpreendidos", analisa o técnico.

O treinador aproveitou o grande momento que o clube vive para também agradecer todo o apoio dado pela psicóloga, Annie Kopanakis, que tem se aproximado mais dos jogadores nas últimas partidas para trabalhar também com o emocional do time.

"Desde a temporada passada, nós temos nos preocupado muito com o lado emocional dos nossos jogadores. A Annie tem ficado muito próxima dos atletas e, neste momento, ainda mais, tendo em vista o caráter decisivo das partidas e entendo também que o que nós temos experimentado ao longo deste campeonato tem a participação dela com a sustentação e a preocupação de entender o atleta como um todo. Só vermos o desempenho no primeiro tempo contra o São Paulo e já tínhamos feito um bom jogo contra o Palmeiras, fruto de uma preparação além da técnica e tática, buscando o equilíbrio psicológico e emocional", destaca.

Sobre a possibilidade de garantir a classificação, Munhoz se esquiva dos concorrentes e diz que o foco é os três pontos para a Ferroviária no jogo desta sexta.

"Nós temos que fazer a nossa parte. Têm jogos acontecendo em horários diferentes, mas a Ferroviária tem que fazer a sua parte. Independente do que vá acontecer em outros jogos, não podemos esquecer que o Mirassol também tem a condição de chegar à pontuação ainda. Eu vejo que isso é uma forma de mexer com a concentração para este jogo e o que nós temos conversado com os atletas é poder ter o foco e a concentração total para o confronto contra o São Caetano", revela.

Além do desfalque de PH, a comissão técnica também não contará com o atacante Hygor, que ainda se recupera de uma fibrose. O restaante do elenco esteve à disposição de Munhoz no último trabalho realizado antes da partida.

A Ferroviária deverá ir a campo com Tadeu; Diogo Mateus, Rayan, Rodrigão e Arthur (Julinho); Anderson Unchôa, Tony e Léo Artur (Fellipe Mateus); Felipe Ferreira, Lúcio Flávio e Diego Gonçalves (Maurinho).

Crédito da foto: Thiago Carvalho / Assessoria Ferroviária