Ferroviária vai em busca da segunda vitória na Série D


Ferroviária vai em busca da segunda vitória na Série D

ferroviaria maringaLocomotiva enfrentará o Maringá, fora de casa 

Em mais uma semana de preparação, a equipe da Ferroviária enfrentará o Maringá, neste sábado, às 17h, no estádio Willie Davids, em Maringá, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro Série D.

A Locomotiva possuí três pontos, ocupa a segunda colocação do Grupo A17, mas vem de derrota, fora de casa, para o Avenida, por 1 a 0 no último domingo e busca reabilitação no Paraná. Já o Tricolor vem de dois empates na competição e vai atrás de sua primeira vitória para entrar na briga pela classificação à próxima fase.

Para o zagueiro Luís Felipe, assim como para o restante do elenco, a derrota para o Nida (a terceira no ano) ficou para o passado e o foco agora em pontuar fora de casa.

“Foi um jogo que a gente merecia, pelo menos, um empate. Mas temos que olhar pra frente, por se tratar de um campeonato curto e não nos da tempo para se lamentar. Temos mais uma decisão, trabalhamos durante a semana em cima dos nossos erros e agora é buscar fazer o melhor jogo possível contra o Maringá, que é uma boa equipe e não esperamos nada mais que um jogo muito difícil”, declarou.

A equipe retomou os trabalhos apenas na terça-feira, devido ao desgaste com a ida ao Sul do país, e já pegou estrada para Maringá na tarde quinta-feira.

Mesmo com o curto período de treinamentos, o treinador Vinícius Munhoz analisou os dois tempos contra o Avenida e acredita no entrosamento da equipe para conseguir um resultado positivo.

"Estamos em um processo acelerado de aquisição da nossa ideia de jogo. Tivemos uma oscilação do primeiro para o segundo tempo. Acho que isso é normal pelo processo que estamos vivendo, mas vejo os jogadores muito empenhados e já vemos evolução do Joinville para o Avenida. A competição é difícil e curta, mas acredito que vamos seguir melhorando", detalhou.

Para esta partida, a comissão técnica afeana ainda não contará com o meia Cristian, anunciado esta semana como novo reforço para a Série D. O jogador já está regualizado, mas ainda não tem ritmo de jogo e deve ser opção para o próximo final de semana, diante do próprio Maringá.

As novidades ficam por conta do volante Maycon e do meia Rafael Oller, que ficam à disposição e estão relacionados para a partida.

A Ferroviária deverá ir a campo com Gabriel Leite; Alisson, Luís Gustavo, Luís Felipe e Arthur; Daniel, Rodrigo Celeste (Maycon) e Raphael Luz; Dedê Costa, Léo Castro e Jorge Eduardo.

MARINGÁ CONTA COM REFORÇOS, MAS TEM BAIXAS

Precisando da vitória para buscar a liderança do grupo, o Maringá FC treinou forte durante a semana e espera contar com o apoio do torcedor, como explica o zagueiro Marcelo Xavier. “Tivemos uma semana de muito trabalho, foco, concentração, porque sabemos que é um jogo decisivo para nós. Precisamos da vitória para continuarmos com boas chances de classificação para a próxima fase e o apoio da torcida é fundamental”, disse o camisa 4 tricolor.

Para a partida, o técnico Sandro Forner não poderá contar com o zagueiro Alex Fraga, que segue em tratamento de uma lesão no púbis e com o volante Léo Bartholo, que sofreu uma torção no joelho e tornozelo na partida diante do Joinville. Por outro lado tem a volta do meio-campista Rogerinho, que desfalcou a equipe no último jogo por conta de uma contratura muscular na coxa.

INGRESSOS

A venda de ingressos já está disponível em www.ingressonacional.com.br ou nos pontos físicos indicados no site.

A bilheteria do estádio abrirá às 15h00 e os ingressos custam R$ 30,00 inteira e R$ 15,00 meio ingresso para setor coberto e R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meio ingresso para setor descoberto.

Crédito da foto: Jonatan Dutra / Ferroviária S/A