Área verde do município no Hortênsias abriga Cemitério de Caminhões


Área verde do município no Hortênsias abriga Cemitério de Caminhões

Falta de fiscalização da prefeitura atinge moradores do Jardim das Hortênsias

Buck 112Omissão da fiscalização causa indignação aos moradores

O prefeito Edinho Silva que tem tomado a iniciativa de chefiar grupos que fiscalizam prédios abandonados e terrenos baldios propensos a serem criadouros do aedes, tem nesta semana mais um endereço: quadra 51 do Jardim das Hortênsias, na rua Engenheiro José Carlos Blundi esquina com avenida Jorge Frem.

Louvável a iniciativa do prefeito Edinho que parece viver o melhor estilo de Rudolph Giuliani, ex-prefeito de Nova Iorque, que tornou-se famoso por implementar uma política de “tolerância zero” contra criminosos, o que diminuiu as taxas de criminalidade da cidade. Assim então tem sido ele, invadindo prédios que considera abandonados, pousando para fotografias e fazendo o marketing pessoal para a nova campanha política que se aproxima.

Só que a área a ser visitada agora, transformada em cemitério de caminhões abandonados – é uma área verde – que por ironia do destino pertence ao município. Em se confirmando, ele terá a missão de convocar o Exército da Salvação para limpar aquilo que nunca deveria ter sido invadido e que provavelmente aconteceu por falta de fiscalização ou abordagem.

Como o exemplo vem de cima, mãos a obra prefeito. Torcida é o que não falta para atendimento aos interesses da comunidade que carrega o espírito de cidadania.

Hortencias 110O lugar exato do Cemitério de Caminhões para facilitar a fiscalização

Buck 110O triste cenário de um bairro