Início Agronegócio

Preço recorde para compra de bezerros

No segundo semestre a falta de oferta seguirá pressionando o mercado

76

O preço do bezerro bateu o recorde da série histórica em São Paulo e já supera R$ 2.000 por cabeça, segundo o levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). A média para o mês de julho está em R$ 2.039 por cabeça.

YagoTravagini, analista de mercado da Consultoria Agrifatto, considera a restrição de oferta como a principal causa que explica as altas nos preços tanto da arroba do boi gordo quanto no mercado de reposição, seja boi magro, bezerro ou fêmeas. Segundo ele, está difícil encontrar animal no mercado e, consequentemente, os preços sobem em todas as categorias, seja nos animais mais novos ou nos mais velhos.

O analista explica que isso deve ao fato de que, em 2018, com o preço do bezerro muito barato, o produtor achou vantajoso vender vaca para fazer caixa, gerando diminuição da produção de bezerro agora. Dessa forma, há falta de animais de reposição para atender o mercado interno e externo, principalmente.

O consultor projeta que no segundo semestre a falta de oferta seguirá pressionando o mercado, mantendo preços firmes e com viés de alta. Este cenário inclusive pode se estender até 2021. Porém, a partir daí, é possível esperar a entrada de mais bezerros no mercado. Isto porque o cenário de abate de fêmeas já mudou no ano passado, portanto, o ciclo tende a voltar para uma maior oferta de bezerros.