Início Agronegócio

Mulheres envolvidas no agronegócio participam de palestras na Agrishow 2022

O trabalho da mulher no campo está cada vez mais forte e elas se juntam para criação de projetos e programas que poderão lhes garantir visão de negócios mais prósperos, fruto da participação em palestras e encontros de capacitação oferecidos pelo Senar.

150
Ana Paula Nunes com as mulheres que atuam no agronegócio paulista

Durante a Agrishow 2022, realizada recentemente em Ribeirão Preto, no auditório do Instituto Agronômico aconteceu o encontro da Comissão Semeadoras do Agro, criada no âmbito do Sistema FAESP/SENAR-SP, com a realização de um café da manhã seguido de um ciclo de palestras para tratar de assuntos relacionados ao universo feminino e ao empreendedorismo.

A abertura do evento foi realizada por Adriana Menezes coordenadora da Comissão Semeadoras do Agro. “Quando recebi o convite do Dr. Fábio Meirelles para estar na coordenação do Semeadoras do Agro aceitei de prontidão, e hoje é uma feliz realidade poder acompanhar e estar junto destas lideranças femininas que estão impactando as atividades das mulheres que atuam no campo”, declarou Adriana.

Com a presença de mais de 100 mulheres, entre produtoras rurais, autoridades, presidentes de Sindicatos Rurais, técnicas e demais profissionais do Sistema FAESP/SENAR-SP, o evento contou com palestras de Luiza Brunet ativista feminina e modelo, de Bia Doria, artista plástica e ex-presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, e de Juliana Farah, membro da Comissão Semeadoras do Agro e vice-presidente da Virada Feminina da FIESP. A mesa oficial do evento também contou a presença de Cintia Milhim Ferreira, primeira-dama Franca, e Renata Correa Gregoldo, secretária municipal de Assistência Social de Ribeirão Preto.

Cada vez mais a mulher vem se destacando no campo

A primeira palestrante a se apresentar foi Rubenita Lessa, coordenadora-geral do Sistema Integrado de Atendimento às Mulheres vítimas de Violência – Ligue 180 – do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, abordou o tema “Como o Ligue 180 pode ajudar no enfrentamento da violência contra as mulheres do campo”.

Na sequência, Luiza Brunet apresentou o painel “Enfrentamento da violência doméstica e os direitos das mulheres no Campo”. Bia Doria, falou sobre “Empreendedorismo das mulheres e a importância delas no agro”; e Juliana Farah trouxe informações sobre linhas de créditos destinadas às pequenas produtoras rurais, no painel “Nano Crédito – Agro Mulheres”. “Poder ver todo o projeto Semeadoras do Agro gerando frutos, impactando a sociedade e levando para o agro a importância da atuação da mulher é muito importante para todas as nossas gerações”, declarou Juliana Farah.

ARARAQUARA PRESENTE

Entre as mulheres participantes do evento em Ribeirão Preto estava Anna Paula Nunes que integra As Mulheres do Agro de Araraquara, representando a FAESP. Anna como é do conhecimento dos que atuam no agronegócio regional tem se constituído em peça importante do empreendedorismo feminino.

Já a Comissão Especial Semeadoras do Agro, coordenada por Adriana Menezes, diretora primeira-secretária da FAESP foi criada em março por ocasião do Dia Internacional da FAESP. Trata-se de um órgão colegiado de caráter consultivo, e vinculado à Presidência da entidade, que tem o objetivo de unir esforços em prol do protagonismo das mulheres nas diversas atividades no campo.

Semeadoras do Agro durante a Agrishow

A Comissão Especial Semeadoras do Agro da FAESP congrega mulheres, direta ou indiretamente ligadas ao campo, para subsidiar a entidade na implantação de ferramentas de valorização e empreendedorismo das mulheres do campo. Essa valorização ocorrerá por meio de políticas públicas que reduzam a desigualdades de gênero na sociedade brasileira, bem como proporcionar o fortalecimento da economia criativa e o aprimoramento do trabalho realizado na entidade.