Início Agronegócio

Agro paulista ganha destaque entre investidores no primeiro dia da Missão Emirados

Novo escritório comercial de São Paulo em Dubai será anunciado durante Missão Internacional

21
Missão buscará novos mercados para o agro paulista, com foco no Oriente Médio e norte da África

O Governador de São Paulo, João Doria, viaja nesta sexta-feira, dia 7 de fevereiro, junto com o secretário de Agricultura e Abastecimento, Gustavo Junqueira, e outras autoridades para os Emirados Árabes Unidos, com intuito de explorar grandes oportunidades para vários setores da economia, com destaque ao agronegócio, que representa 61% das exportações brasileiras para a região, em aproximadamente U$ 1,4 bilhão.

Atualmente, 20% do PIB do agronegócio brasileiro está no Estado de São Paulo. O mercado se destaca como um dos maiores fornecedores de alimentos do mundo, tendo como destaque a atividade sucroalcooleira. Os números impressionam, São Paulo é, sem dúvida, o maior produtor de cana-de-açúcar no mundo, com 358 milhões de toneladas, e é também o maior produtor mundial de açúcar, com 24,6 milhões de toneladas. Nesta Missão Internacional muitas oportunidades podem surgir para o setor sucroalcooleiro, uma vez que ele representa 74% das exportações paulistas para o Oriente Médio, que totalizam US$ 1,9 bilhão.

O secretário de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Gustavo Junqueira, permanecerá até o dia 17 de fevereiro nos Emirados Árabes com uma agenda voltada ao fortalecimento das relações bilaterais de cooperação e da abertura de novos mercados para o agro brasileiro. Já está marcada uma conferência específica para o setor sucroenergético, seguida de reunião com uma das maiores refinarias de açúcar do mundo, a AKS (Al Khaleej Sugar Co).

A viagem prevê também uma visita à fábrica da BRF, grande exportadora de proteína animal no mundo, com plantas em São Paulo e com potencial de crescimento nas exportações de carnes paulistas, que já respondem por 16% do total exportado entre São Paulo e o Oriente Médio em 2019. Pelo porto de Santos, o maior terminal marítimo de cargas da América Latina, localizado no Estado paulista, saem 48% da soja e 60% da carne bovina brasileira. Trata-se do maior polo exportador de proteína bovina do planeta, com mais de 900 mil toneladas por ano.

Entre os compromissos marcados, está também a confirmação do secretário Junqueira, representando o Governador, na Gulfood 2020, maior plataforma de negócios para venda de alimentos e bebidas para o mercado árabe, que contará com a presença de 103 empresas brasileiras este ano.

O secretário Gustavo Junqueira afirma que a presença do Governo do Estado nos Emirados Árabes é muito importante nesta região porque traz um significado de apoio ao setor privado. “O agro é o setor mais privado da economia, toda a liderança é do empresário, que busca novos mercados. O grande ganho está na distribuição para todo o Oriente Médio e norte da África”, afirmou.

“O Brasil tem o menor custo de produção, o que faz todo sentido quando se fala de agregação de valor. Companhias que se instalaram na região há algum tempo, como a BRF, tem muito a ensinar para as novas empresas que estamos identificando pela Investe SP. Queremos afirmar a qualidade do produto brasileiro, em termos de sanidade, com baixo custo e grande escala. O Brasil tem mais do que as commodities em si, com produtos de qualidade e com rastreabilidade”, afirmou o secretário.

Escritório em Dubai

Uma importante parte da viagem será a abertura do segundo escritório internacional do Governo do Estado, dessa vez em Dubai, que ocorrerá no dia 10 de fevereiro. “Nossa intenção com a missão é abrir e operar o escritório. Começaremos a viagem por Abu Dhabi, depois iremos à Dubai. Essa é minha estratégia, levar empresários brasileiros com interesses específicos no Oriente Médio. As expectativas são grandes, vamos nos reunir com os dois fundos de investimento mais importantes do Oriente Médio, Adia (Abu Dhabi Investment Authority) e Mubadala, teremos audiência privada com os príncipes de Dubai e Abu Dhabi, e agendas oficiais com grupos privados e instituições financeiras”, afirmou o governador.

A inauguração do primeiro escritório internacional de São Paulo foi anunciada em maio de 2019 em Xangai, na China, principal parceiro comercial do Estado. Desde então, o agro paulista vem sendo beneficiado. Um exemplo disso foi o envio do primeiro contêiner com carne de frango de uma unidade da Zanchetta Alimentos em Boituva, no interior paulista, para o país asiático, o que marca a abertura de mercado em um dos principais players de importação de proteína animal.