Home Agronegócio

Em Brasília, presidente da Canasol defende o pagamento dos CBios aos produtores de cana

Líder do setor na região central do Estado, o presidente da Canasol, acompanha a discussão do projeto quer visa incluir produtores independentes de matéria-prima destinada à produção de biocombustível na Lei nº 13.576, que dispõe sobre o RenovaBio.

26
Luís Henrique, da Canasol e Credicentro, sempre presente na discussão de um acordo em Brasília

O presidente da Canasol Luis Henrique Scabello de Oliveira está em Brasília desde esta terça-feira (12) para cumprir extensa agenda de compromissos que envolvem o setor canavieiro.

No período da tarde esteve no Congresso Nacional onde, acompanhado de diversas lideranças canavieiras, visitou diversos deputados que compõem a comissão de Minas e Energia da Câmara Federal com o objetivo de obter apoio para a aprovação do relatório sobre o Projeto de Lei 3149/20, que trata do pagamento dos créditos de carbono (CBios) aos produtores de cana.

Presidente da Canasol ao lado do Presidente da Confederação Nacional da Agricultura, João Martins

Atualmente, por não haver obrigação legal, poucas usinas pagam a parcela correspondente ao produtor de cana, e mesmo assim, somente cerca de 50% do valor obtido com a comercialização dos CBios.

Por iniciativa da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil – Feplana, em 2020, o então Deputado Federal, hoje Senador Efraim Filho apresentou o PL 3149 com o objetivo de incluir os produtores independentes de matéria-prima destinadas à produção de biocombustível na Lei nº 13.576, de 26 de dezembro de 2017, que dispõe sobre a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio).

Homenagem ao jornalista William Waack

O PL já recebeu favorável na Comissão de Agricultura e agora está na Comissão de Minas e Energia, onde já recebeu parecer favorável do relator, o deputado Benes Leocádio, e deve ser apreciado na manhã desta quarta-feira pelos deputados que compõem a referida comissão.

À noite, Luis Henrique esteve na Confederação Nacional da Agricultura – CNA, para assistir a entrega do prêmio CNA Brasil Agro.

Foram agraciados diversos produtores rurais assistidos pelo sistema Senar/CNA por sua iniciativa e inovação em suas atividades no campo.

Ex-presidente da República Michel Temer, tambérm foi homenageado nesta terça-feira

Foram também agraciados com o prêmio, o jornalista William Waack, o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, o deputado Lupion Filho, e o ex-presidente da República Michel Temer.

Nesta manhã, Luis Henrique estará novamente na Câmara Federal, em conjunto com as demais lideranças do setor, para fazer um corpo a corpo junto aos deputados que compõem a Comissão de Minas e Energia para a aprovação do relatório do PL 3149.