Início Agronegócio

Hospital no RJ começa a usar pele de tilápia no tratamento de queimaduras

36

Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio, começou a usar a pele de tilápia no tratamento de queimaduras. A unidade é a primeira do Estado do Rio a utilizar este procedimento sendo iniciado em dezembro passado no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) como parte do estudo multicêntrico liderado pela Universidade Federal do Ceará (UFC).

Duas pacientes com queimaduras graves foram tratadas logo no primeiro mês com a pele do peixe de água doce, e apresentaram cicatrização mais rápida e com menos queixas de dor.

A pele da tilápia passa por um processo de preparo e desinfecção que inclui exposição a raios gama (radiação) para ser utilizado nos pacientes. Em 2019, o material foi apresentado ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e , após receber a licença definitiva da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), pode ser utilizado para o tratamento de queimaduras em todo o Sistema Único de Saúde (SUS).