Início Agronegócio

Mapa registra 13 novos defensivos biológicos

Em 2020 já são 45 registros de soluções biológicas e orgânicas.

21

O Ministério da Agricultura avança no registro de produtos biológicos. O Diário Oficial da União de sexta-feira (31) trouxe a publicação de 13 novos produtos de base biológicas.

Em 2020 já são 45 registros de soluções biológicas e orgânicas. O prazo de obtenção de um registro de um produto biológico ou microbiológico leva em média oito meses, enquanto de um produto químico convencional tende a levar, na média, mais de quatro anos

Entre os novos, 11 deles são compostos por microrganismos como a Beauveriabassiana, o Bacillusamyloliquefaciens ou o Metarhiziumanisopliae que são agentes biológicos de controle de pragas que atacam os cultivos brasileiros.

Outro produto utiliza a vespa Cotesiaflavipes para o controle biológico da broca da cana-de-açúcar; e um outro produto de baixo impacto que utiliza um óleo extraído da planta conhecida como Neem e tem efeitos natural inseticida, podendo inclusive ser utilizado para os cultivos orgânicos. Além do extrato de Neem, outros quatro produtos dos defensivos biológicos estão autorizados para uso no controle de pragas de cultivos orgânicos.

Além dos biológicos também foram registrados outros 25 produtos formulados, ou seja, defensivos agrícolas que efetivamente estarão disponíveis para uso pelos agricultores. Todos os produtos utilizam ingredientes ativos já registrados anteriormente no país.