Início Agronegócio

O desenvolvimento do setor sucroenergético através da pesquisa e inovação

Dois nomes importantes do agronegócio regional, Luís Henrique Scabello de Oliveira (presidente da Canasol) e Nicolau de Souza Freitas (Sindicato Rural) tomaram parte de dois importantes eventos nesta quinta-feira, via on-line.

51
Luís Henrique e Nicolau, duas expressões do agronegócio regional

O presidente Luís Henrique Scabello de Oliveira (Canasol) e José Ricardo Severo, da Feplana, participaram na manhã de quinta-feira (27) da reunião on-line do Grupo Técnico de Planejamento Estratégico da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Açúcar e do Álcool do Ministério da Agricultura (MAPA).

O grupo foi proposto pelo presidente da Câmara, Alexandre Lima (Feplana), para estabelecer um planejamento estratégico visando o desenvolvimento do setor sucroenergético através da pesquisa e inovação.

Participaram também Alexandre Alonso, da Embrapa, como coordenador do grupo, Antonio Salibe, da UDOP (União Nacional da Bioenergia), Gustavo Rocha e Helinton Rocha – MAPA, Marcos Landell – IAC (Instituto Agronômico de Campinas) e Mário Campos, da SIAMIG (Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais).

A proposta é a criação de uma agenda de inovação para a cadeia produtiva do açúcar e do álcool baseada no trabalho desenvolvido para a cadeia do biodiesel com grande sucesso.

No período da tarde ainda nesta quinta-feira, Luís Henrique, representando a Feplana e Nicolau de Souza Freitas, representando a FAESP (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo), participaram da reunião on-line da Comissão Nacional de Cana de Açúcar. Os assuntos a tratados foram:- Reforma Tributária e seus reflexos no setor Agro/Cana de Açúcar; Análise da tributação dos Créditos de Descarbonização – Cbios e Perspectivas de Mercado para Açúcar e do Álcool.