Home Agronegócio

Terceirização encarece cultura da cana em até 7,9%

212
Cana 114
As usinas da região já preparam seu início de safra para esta semana, mesmo diante do atraso no desenvolvimento dos canaviais

De acordo com gestor executivo da entidade, o custo da produção de cana fica mais barato quando o produtor atua em todas as etapas; análise levou em conta resultados em 42 cidades

Cana 114Os custos de produção devem estar na ponta do lápis

Como o campo corresponde à maior parcela de gastos das usinas de açúcar e etanol, voltar os olhos para como os produtores de cana-de-açúcar utilizam seus recursos demonstra que o setor está se preocupando com a gestão de despesas – afinal, se o canavieiro não tem seus custos na ponta do lápis, ele pode comprometer a rentabilidade de sua atividade.

Porém, o gestor executivo da Organização de Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil (Orplana), Celso Albano de Carvalho, percebeu que o produtor de cana nem sempre tem pleno controle dos seus custos de produção.

“Os maiores têm mais visão empresarial. Mas, de maneira geral, o produtor de cana passou a ter o controle da produtividade mais pela própria usina para onde entrega a cana do que por ele mesmo”, explica o profissional, que já trabalhou com a análise de custos de outras culturas como café, leite e soja.

Sua fala está em consonância com o relatório de fechamento dos custos de produção de cana-de-açúcar de produtores da safra 2017/2018. O estudo se deu a partir do mapeamento de 42 cidades produtoras de cana-de-açúcar em seis estados do Centro-Sul, que correspondem a 88% da produção canavieira.

A pesquisa mensurou os custos por estágio de produção, incluindo formação do canavial, preparo do solo, plantio, mudas, trato da cana planta, trato da cana soca, colheita e despesas administrativas. Também incluiu mão-de-obra, maquinário e insumos.

Araporã (MG) é a cidade com o custo de produção mais alto para formação do canavial segundo o estudo: R$ 9.083 por hectare plantado. O indicador inclui os estágios de preparo de solo, plantio (com muda) e tratos culturais de cana planta. Já o valor mais baixo foi de R$ 5.395/ha, registrado na cidade de Cianorte (PR).