Início Artigo

Ferroviária no trilho certo

Por Adilson João Tellaroli

23

A Ferroviária estaria vivendo um momento bom e diferente dos demais clubes de São Paulo? Corinthians encalacrado. São Paulo com dívidas que nunca pensou ter. Santos, sem elenco e Palmeiras, com menos problemas mas ainda os tem. No interior então, nem se fala! Equipes se desmanchando, com jogadores sem contrato, numa época de grana curta para renovação.

Enquanto isso, a Ferroviária trocou de treinador e já contratou quatro jogadores oficialmente. Sem falar nas renovações de contrato e aqueles que estão voltando de empréstimos e podem reforçar o time.

Voltando ao técnico, o currículo de Dado Cavalcanti, é promissor, embora não tenha nenhuma experiência em centros maiores de competição. Foi bem no Nordeste. Mas é uma aposta e como toda aposta, vamos ser otimistas e pensar no melhor!

Aliás, parece ser muito bom o momento que o clube atravessa, porque já fala até em nova concentração, antigo sonho do então presidente afeano Milton Cardoso. Os dirigentes dizem que estão na busca de um terreno para a almejada aquisição e construção e embora uma história não tenha muito a ver com a outra, estou relembrando que a Associação Ferroviária de Esportes, tinha uma séde no centro da cidade, uma Concentração no bairro de São Geraldo e de quebra, um terreno para futuramente construír algo melhor, na hoje movimentada av. Manoel de Abreu. Muito patrimônio, mas muitas dívidas também. E acabou tudo num sopro!

Agora, o momento nos leva a crer que os investidores resolveram pensar grande, o que não significa que tudo sairá perfeito, porque como se dizia no passado, o futebol, é uma caixinha de surpresas! Mas pior é não tentar, não almejar horizontes mais promissores.

A única dúvida que persiste na nossa mente, é aquela que certamente aflige o torcedor desde a saída de Sergio Soares, que foi demitido sem ter indicado um jogador siquer para o time. O treinador que chega, já fez alguma indicação ou também vai trabalhar com “elenco dos outros”?

Dentro do sigilo que norteia as negociações atuais no clube, nos parece difícil uma resposta para essa pergunta!

*Adilson João Tellaroli – bola branca

**As opiniões expressas em artigos são de exclusiva responsabilidade dos autores e não coincidem, necessariamente, com as do RCIARARAQUARA.COM.BR