Home Artigo

O caminho mais fácil é desistir. Qual você vai seguir?

Por Cadú Moura

60

Agir e não desistir são duas atitudes que podem transformar a vida de uma pessoa. A ação é o primeiro passo para alcançar um objetivo, enquanto a persistência é o que leva a superar os obstáculos que surgem pelo caminho. E essa é uma regra que vale tanto para um objetivo simples, como aprender algo novo no trabalho, quanto para o seu sonho de vida. Juntas, essas duas qualidades são fundamentais para alcançar nossos sonhos e objetivos.

Muitas pessoas têm grandes ideias, mas falham em transformá-las em ação. Elas podem ter medo do fracasso ou simplesmente não saber por onde começar. Desistir sempre é mais fácil porque os obstáculos surgirão. Todos nós temos experiências boas e ruins ao longo da vida, mas a forma como reagimos às situações difíceis é o que define nosso sucesso ou o nosso fracasso. O importante é lembrar que a ação é o que nos leva onde queremos chegar. É necessário dar o primeiro passo, mesmo que seja pequeno. A partir daí, podemos ir evoluindo e aprendendo com os erros.

No entanto, a jornada rumo ao sucesso não é fácil. Havemos momentos em que nos desencorajamos, nos sentimos frustrados e cansados. É nestas horas que a persistência se torna essencial. Precisamos nos lembrar de que os maiores obstáculos são aqueles que nós mesmos criamos em nossa mente. É importante manter o foco no objetivo final e continuar avançando, mesmo que seja um passo de cada vez.

Aqueles que envelhecem e não desistem são aqueles que alcançam seus objetivos. Eles sabem que o sucesso não vem de uma hora para outra, mas sim de um trabalho constante e perseverante. Eles estão dispostos a enfrentar os desafios e aprender com as dificuldades. Eles não se deixam abater pelos fracassos, mas os encaram como oportunidades de aprendizado.

Aos 13 anos, vendi minha bicicleta e minha cama para começar meu negócio. Comprei peças do Paraguai e montei um computador! E vendi! Em dólar! Tinha realizado meu primeiro sonho. Segui empreendendo e, claro, vierem muitos obstáculos. Aos 16 anos, levei um tiro que quase tirou minha vida. Tive meus momentos de revolta e precisei aprender a lidar com as emoções.

Segui empreendendo e fazendo o que eu gostava e acreditava. E persistindo mesmo quando os obstáculos pareciam intransponíveis. Atualmente, tenho empresas nos ramos de educação, turismo, alimentação, informática e editorial. Sou consultor, coaching e palestrante. E os obstáculos continuam surgindo, mas sou obstinado para transformá-los sempre em impulso para aprender e crescer.

Na pandemia, quando tudo parecia que ia acabar, tirei do papel um antigo sonho e abri a Sabores do Nonno, marca de massa artesanal congelada. A empresa cresceu, expandiu e tornou-se franquia. Hoje, está presente em quatros Estados mais o Distrito Federal.

Quando temos um objetivo claro em mente e estamos dispostos a dar o nosso melhor, podemos superar qualquer obstáculo e alcançar nossos sonhos. Eu digo isso por experiência própria. Aliás, parte delas compartilho no livro “Lucro na Crise”, que lancei recentemente. A vida é uma jornada que requer esforço, experiência e coragem. Se nos dedicarmos a agir e não desistir, podemos criar um futuro brilhante e cheio de possibilidades.

*Cadú Moura, é empresário, consultor, palestrante, coach e escritor.

**As opiniões expressas em artigos são de exclusiva responsabilidade dos autores e não coincidem, necessariamente, com as do RCIARARAQUARA.COM.BR