Início Artigo

Turismo em movimento

Por Fábio Pontes

25

Estabelecer um ambiente de negócios atrativo para o empresariado, condizente com o padrão de qualidade que o turista espera, demanda muito esforço. E essa manobra vai muito além das divisas do município em que o setor performa. Em Brotas, a Secretaria Municipal de Turismo tem firmado parcerias e busca articulações na esfera internacional na intenção de alçar voos ainda mais altos.

A estância é uma das entusiastas na inserção de indicadores do turismo nos estudos de produtividade elaborados pela Fundação Seade. Para todo negócio, é indispensável analisar dados de oferta e demanda e geração de empregos. Brotas, neste particular, é uma estância turística que tem atuação destacada na economia de serviços, impulsionada pela atividade turística, que anda lado a lado com o agronegócio. Iremos inserir, já a partir de abril, os indicadores do voucher turístico, principal termômetro do desempenho do setor e do retorno à municipalidade, por meio da arrecadação do ISS – Imposto Sobre Serviço.

A transparência na divulgação de informações socioeconômicas em um amplo repositório que abrange regiões administrativas do Estado, por meio do Centro de Inteligência de Economia do Turismo (CIET), reflete em bons frutos também na pauta internacional. Esse será o passaporte para Brotas na Organização Mundial do Turismo (OMT). Na prática, a capital nacional do turismo de aventura, em parceria com o CIET, contribuirá no plano internacional com a coleta, análise e monitoramento de dados e informações turísticas, um pacote fundamental para planejar o futuro da atividade de maneira sustentável. E ter voz ativa na tomada de decisões em um ambiente desta magnitude deve ser celebrado.

É com planejamento e parcerias que Brotas inova a cada dia. O velho dito popular “uma andorinha sozinha não faz verão” é uma realidade inquestionável. O movimento é constante nesta fase, oportuna para preparar a casa à espera de dias de grande expectativa. Um futuro próximo, no qual a demanda do turista, hoje reprimida, será retomada a pleno vapor. E, com isso, novas necessidades e expectativas. Quando chegar a hora de reabrir as portas, a casa estará preparada.

*Fábio Pontes é secretário municipal de Turismo em Brotas

**As opiniões expressas em artigos são de exclusiva responsabilidade dos autores e não coincidem, necessariamente, com as do RCIARARAQUARA.COM.BR