Início Cidade

Alerta de chuvas intensas em Araraquara

Há possibilidade de chuva forte, descargas elétricas e corredores de ventos, além de grande volume de chuvas, saiba quais os pontos críticos da cidade que deve ser evitado

241

A Defesa Civil Estadual emitiu um alerta nos últimos dias que coloca Araraquara e região entre as áreas atingidas pela passagem de uma frente fria, com possibilidade de chuva forte, descargas elétricas e corredores de ventos. O grande volume de chuvas pode atingir as cidades nesta sexta-feira (17).

O Plano de Contingência “Operação Chuvas de Verão”, que envolve diversos órgãos da cidade, monitora diversos pontos críticos de alagamento da cidade e orienta que, em situação de fortes chuvas, sejam evitados os seguintes locais:

💧Via Expressa x Avenida Domingos Zanin (córrego Capão do Paiva X córrego do Ouro);

💧Via Expressa sob o Terminal de Integração;

💧Estrada Abílio Augusto Correa, ponte sobre o córrego do Ouro.

💧Avenida Padre José de Anchieta, no córrego do Ouro;

💧Via expressa x Rua Miguel Cortez;

💧Rua Padre Manoel da Nóbrega x Avenida Mário Zampieri;

💧Via expressa x Avenida Adail Nunes da Silva;

💧Rua Napoleão Selmi Dei, na rotatória da captação de água das Cruzes;

💧Rua Manoel Rodrigues Jacob x rodoanel norte-oeste Dr. Otávio Arruda Camargo;

💧Rua Maurício Galli, entre as avenidas Raimundo de Paula e Silva e Dr. Vital Brasil;

💧Avenida Manoel de Abreu x Avenida Orlandino Terzo de Emílio;

💧Avenida Santo Antônio, sob a ponte ferroviária da antiga estação;

💧Avenida Padre Francisco de Salles Colturato sobre o córrego das Cruzes;

💧Avenida Francisco Vaz Filho, altura do número 1982;

💧Pontilhão no início da Alameda Paulista, sobre a linha férrea.

No momento das chuvas fortes e tempestades, não se exponha ao perigo. Nunca dirija em vias alagadas. Caso note que o seu carro pode ser arrastado pela correnteza, abandone imediatamente o veículo e procure local seguro. Não procure abrigo debaixo de árvores e postes, pois eles atraem raios.

Em casa, desligue aparelhos eletrônicos da tomada e fique atento a sinais de perigo, como quintais cômodos da residência alagados, muros e paredes rachados ou inclinados. Ao notar qualquer sinal de risco, abandone o local e procure ajuda.

Em casos de tombamento de árvores e postes, deslizamentos de terra ou inundações, entre imediatamente em contato com o 193 (Corpo de Bombeiros), 190 (Polícia Militar) e 153 (Guarda Civil Municipal).