Início Cidade

Araraquara inicia flexibilização a partir de 1 de junho

Somente quatro de 18 regiões do estado conseguiram autorização para a retomada das atividades econômicas com muita cautela, rigor, responsabilidade e fiscalização, para que não haja necessidade de retrocesso

182

O Comitê de Contingência do Coronavírus, instituído pela Prefeitura de Araraquara, esteve reunido nesta quinta-feira, 28 de maio, para avaliação e novas deliberação de ações de combate à Covid-19.

De acordo com o Plano São Paulo, elaborado e divulgado ontem, dia 27 de maio, pelo Governo do Estado de São Paulo, Araraquara está entre as 4 regiões autorizadas a iniciarem a flexibilização da quarentena a partir de segunda-feira, dia 1 de junho.

As 18 regiões do Estado foram classificadas de acordo com a situação de enfrentamento da doença, levando-se em conta a ocupação de leitos de UTI exclusivas para pacientes com Covid-19 e a evolução do número de casos.

São cinco faixas, da maior para a menor restrição e Araraquara foi classificada na fase 3, que permite a abertura do comércio, de bares, restaurantes, shoppings centers, salões de beleza, concessionárias, imobiliárias e escritórios, com restrições.

Considerando então o plano do Governo do Estado, a quarentena será mantida até 15 de junho, mas de forma flexibilizada. Portanto, o Município de Araraquara está se organizando para iniciar a retomada gradual e segura das atividades econômicas. O retorno destas atividades terá restrições sanitárias e horários reduzidos.

Assim, a proposta de decreto municipal que trará todos os detalhamentos das condições, regras, restrições e horários de funcionamento estão sendo debatidas pelo Comitê de Contingência do Coronavírus junto à Secretária Municipal de Justiça e Cidadania, que vai elaborar o documento para publicação.

Somente quatro de 18 regiões do estado conseguiram autorização para essa flexibilização. Segundo o Governo do Estado, as fases são determinadas pelo acompanhamento semanal da média da taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivas para pacientes com coronavírus e o número de novas internações.

Uma região só poderá passar a uma reclassificação de etapa – com restrição menor ou maior – após 14 dias do faseamento inicial, mantendo os indicadores de saúde estáveis.

O Comitê ressalta, no entanto, que o isolamento social continua sendo a arma eficaz para o controle do contágio da doença e que este é o momento de redobrar a prevenção. Quem não precisar sair principalmente os idosos e as demais pessoas do grupo de risco, devem permanecer em casa. Quem precisar sair para trabalhar deve usar máscara e prestar muita atenção nos cuidados com a higiene, lavando sempre as mãos com água e sabão ou utilizando álcool em gel.

A batalha contra a Covid-19 não foi vencida e o vírus continua circulando.

A retomada das atividades econômicas em Araraquara será feita como muita cautela, rigor, responsabilidade e fiscalização, para que não haja necessidade de retrocesso.