Início Cidade

Araraquara investiga mais uma morte suspeita por coronavírus

Trata-se de um idoso de 73 anos, com múltiplas comorbidades, que estava internado em hospital particular e faleceu ontem

34
As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 52,6% na Grande São Paulo e 54,1% no estado

Araraquara registrou mais 61 casos de Coronavírus nesta terça-feira, dia 13 de agosto. Portanto, agora são 2.493 casos confirmados na cidade. Do total de confirmados, 340 permanecem em quarentena e 2.131 já saíram. Aguardam resultado de exames 295 amostras.

Hoje, 61 pacientes estão internados. Destes, 46 estão em enfermaria – 8 suspeitos e 38 casos confirmados. E 15 pacientes estão internados em UTI – 3 suspeitos e 12 confirmados.

Do total de 61 internados, 46 são moradores de Araraquara e 15 são de outros municípios e foram transferidos para hospitais da cidade.

Hoje, no município de Araraquara, a taxa de ocupação de leitos de enfermaria é de 47% e de leitos de UTI é de 23%.

Foram notificados, até o momento, 22 óbitos decorrentes de Coronavírus. Um caso suspeito está sendo investigado; trata-se de um idoso de 73 anos, com múltiplas comorbidades, que estava internado em hospital particular e faleceu ontem.

Todos os casos suspeitos e confirmados, assim como seus comunicantes, estão sendo monitorados pelas equipes da Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena.

Os dados sobre os bairros com casos confirmados e o perfil dos positivados podem ser consultados em link disponibilizado pela Prefeitura, em parceria com o grupo Urbie, Grupo de Inovação e Extensão em Engenharia Urbana. (https://arcg.is/neO5H)

Vale reforçar que, a partir do próximo sábado, dia 15 de agosto, por conta da lei eleitoral, as informações oficiais sobre o enfrentamento do Coronavírus no município serão transmitidas numa página temporária da Prefeitura no facebook, chamada Município de Araraquara. Os novos links já estão disponíveis nas redes sociais (confira abaixo). Para receber as notificações, é importante que o internauta curta e siga essas novas páginas.