Casa São Pio: Das ruas à dignidade recuperada

Essa é uma das muitas histórias que podemos encontrar na casa de acolhimento de Araraquara, e que vive de doações

40

Um vídeo nas redes sociais mostra todo cuidado e carinho, que é dispensado aos acolhidos na Casa São Pio.

Vindo do Pernambuco, José Marcos foi acolhido pela associação, e de acordo com sua presidente Magda Leite, após sua esposa falecer ele começou a beber e acabou nas ruas da cidade todo sujo, sem nenhum cuidado com a higiene e com a saúde comprometida.

Mas encontrado em situação lastimável pelos voluntários e acolhido pela casa, perceberam também que não tinha nenhum documento e já não caminhava.

Com carinho foi resgatado das ruas e todo um trabalho foi feito pelos internos para que ele se recuperasse “os meninos adoram ele, e fazem questão de ajudar na fisioterapia em nossos aparelhos adaptados que construímos na chácara”, ressalta Magda.

Ela diz ainda que este é apenas um dos casos que eles encontram todos os dias e que a casa é recheada de histórias tristes, mas com muito trabalho e dedicação vão mudando os rumos das histórias. “Esse é o nosso trabalho dar dignidade, saúde, auto-estima e um novo recomeço de vida a quem chega a São Pio, e lá todos se empenham em ajudar o próximo, como se fossemos uma grande família”, diz ela.

A Casa necessita no momento de chinelos, cuecas, papel higiênico e prestobarba, para que possam seguir seu trabalho de recuperar vidas.

Vale ressaltar que a Associação São Pio de Araraquara acolhe moradores em situação de rua e oferece a eles tratamento psicológico e terapêutico gratuito, contando com recursos advindos de doações.

Quem deseja conhecer ou ajudar a Associação São Pio pode entrar em contato pelo telefone (16) 3332-9400.

José Marcos enquanto estava nas ruas da cidade