Início Cidade

Coronavírus: Idosos serão testados à partir desta segunda (6)

As unidades de saúde dos bairros do Carmo, São José, São Geraldo e Vila Xavier, farão a coleta de sangue

156
Serão feitos 2 mil testes rápidos, de 6 a 10 de julho e de 13 a 17 de julho

O Comitê de Contingência do Coronavírus Araraquara, instituído por Decreto Municipal, vem a público, neste domingo, dia 5 de julho, para divulgar as novas deliberações sobre as medidas de combate à transmissão da Covid-19.

O Comitê informa que a Secretaria Municipal da Saúde vai dar início amanhã, segunda-feira, à realização de 2 mil testes rápidos para Coronavírus em idosos de Araraquara, em parceria com a Uniara.

Com a realização deste inquérito sorológico, o objetivo é conseguir um panorama mais concreto sobre o atual cenário de propagação da Covid-19 entre as pessoas com 60 anos ou mais, que fazem parte do grupo de risco da doença.

O teste será feito com coleta de sangue venosa, em idosos que residem nos bairros do Carmo, São José, São Geraldo e Vila Xavier, que são os de maior concentração dessa faixa etária.

Serão feitos entre 30 e 40 testes rápidos por dia, de 6 a 10 de julho e de 13 a 17 de julho, somente das 7h30 às 8h30, em unidades de saúde destes bairros, a partir de contato feito pelos agentes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) e também demanda espontânea.

Equipes da Saúde estarão nas três unidades do Jardim Santa Lúcia, para abranger os idosos residentes no São José e no Carmo; no posto do Jardim Paulistano, para testar idosos da Vila Xavier, e no posto unidade do Santa Angelina, para abranger também a população idosa do São Geraldo.

O atendimento está sendo organizado durante a semana para que não haja aglomeração de pessoas. O idoso que fará o teste rápido vai preencher uma ficha no local e é importante que ele esteja assintomático, ou seja, sem nenhum sintoma gripal.

É importante a realização deste inquérito sorológico com os idosos, porque ele poderá apontar a suscetibilidade dessa população de Araraquara ao vírus. Vale destacar que, nas últimas semanas, equipes de saúde estiveram nas entidades de acolhimento de idosos públicos e filantrópicos do município e realizaram testes rápidos em moradores e funcionários.

É mais uma ação de testagem no município, que está entre os que mais testam para Coronavírus no país.

O Comitê reforça a eficácia da ampla testagem de pacientes para diagnóstico da Covid-19 no enfrentamento da doença na cidade, que até dia 1º de julho, já havia realizado 8.300 testes, ou seja, 3.516 testes para cada 100 mil habitantes, considerando a estimativa populacional de cerca de 236 mil, segundo o IBGE. Essa estatística coloca Araraquara acima da média nacional em testagem e também acima de países como a Coreia do Sul.

A ampla testagem também colabora para um diagnóstico mais exato da transmissão da Covid-19 e para um índice de letalidade mais fiel à realidade, de aproximadamente 1% a 1,5% de todos os contaminados.