Início Cidade

Diferenças entre Araraquara e Prudente, as piores em isolamento social

Duas cidades vem apresentando, desde que foi criado o SIMI, baixa média de isolamento social, daí a maior facilidade de propagação do vírus e a impossibilidade de entrarem num processo mais rápido de flexibilização

85
Araraquara, 37% nesta sexta (3)

Presidente Prudente e Araraquara, com número de habitantes semelhantes – 236 mil habitantes,  desde o início da implantação do Sistema de Monitoramento Inteligente, o SIMI, no Estado de São Paulo, não conseguem melhorar suas posições no ranking estadual de isolamento social.

Os dois municípios não conseguem sair de uma zona de total desconforto as últimas colocações. Em razão disso, a flexibilização para a retomada das atividades comerciais por completo acaba esbarrando nos critérios impostos, através decretos, pelo governador João Doria.

A Prefeitura de Prudente, anunciou nesta sexta-feira (3), que recebeu mais 218 diagnósticos de coronavírus. Os resultados apontam mais 179 casos negativos e 39 positivos. Assim, Presidente Prudente contabiliza 837 confirmações da doença. Além disso, outros 313 exames aguardam resultados.

Presidente Prudente, 37% de isolamento social

No boletim desta sexta, o município informa que mais 211 pessoas foram curadas, ou seja, que cumpriram os 14 dias de incubação do vírus e não apresentam mais sintomas. Dessa forma, Prudente tem 575 pessoas que já contraíram a doença e podem ser consideradas curadas.

Já Araraquara, em seu boletim desta sexta – registrou mais 18 casos confirmados de Coronavírus. Portanto, o município possui hoje 1.041 casos notificados da doença. Aguardam resultado de exames 142 amostras. Do total de confirmados, 194 permanecem em quarentena e 816 já saíram.

Hoje, 42 pacientes estão internados. Destes, 38 estão em enfermaria – 4 suspeitos e 34 casos confirmados. E 4 pacientes estão internados em UTI – 1 suspeito e 3 confirmados.

Até ontem (3), Araraquara apresentava 13 óbitos (Letalidade, 1,0%) e Presidente Prudente, cerca de 20 mortes (Letalidade, 2%).

O que se observa é que o conteúdo de informações que deveria seguir padrão único determinado pelo Governo do Estado não mostra por exemplo – quantas pessoas estão internadas. A omissão acaba prejudicando qualquer análise. Araraquara tem sido mais precisa na distribuição de dados.

Nesta sexta-feira o índice de isolamento social das duas piores cidades do ranking apresentava Araraquara com 38% e Presidente Prudente, 37%.