Início Cidade

Em Araraquara alunos do EJA sofrem com a falta de professores

 Diretoria Regional de Ensino de Araraquara informa que na ausência de professores, eventuais são encaminhados para substituição. O que não acontece

172

A secretária de 48 anos Márcia M.R. de Castro, estuda na E.E. Léa Monteiro de Freitas e falou com o Portal RCIA sobre a falta de professores e funcionários na escola.

De acordo com Márcia, a maioria dos alunos que frequentam o programa de Educação para Jovens e Adultos (EJA), sofrem com a falta de professores, “temos geralmente cinco aulas diárias, mas professores só têm dois, nunca tivemos a grade completa desde que voltamos às aulas no dia 13 de Fevereiro”.

A maioria dos alunos que frequentam a escola, são moradores do Parque São Paulo e Jardim das Estações, onde a maioria depende de ônibus após um dia de trabalho, e quando chegam para estudar não há professores.

Ela reclama também que o material que é usado nas aulas de química em sua maioria está com a validade vencida.

“Muitas vezes na escola tem somente dois professores para toda a escola, então eles se dividem, dando um pouco de aula dentro de cada sala, funcionários há somente três que cumprem pena alternativa” – finaliza ela.

O que diz o governo

 Diretoria Regional de Ensino de Araraquara informa que na ausência de professores, eventuais são encaminhados para substituição A. Ainda assim, em caso de indisponibilidade de eventual, é feito cronograma de reposição de modo a não haver prejuízo pedagógico aos alunos. Faltas não justificadas são descontadas. A DRE ainda esclarece que todas as aulas da unidade escolar estão atribuídas. A Regional está à disposição para quaisquer esclarecimentos.