Início Cidade

Funcionário dos Correios testou positivo para Covid-19

O sindicato da categoria entrou com uma liminar no MPT para que funcionários cumpram a quarentena em casa, e pede ainda que a empresa Correios teste todos os funcionários, de modo a identificar quem está contaminado.

464

Movimentação da Guarda Civil Municipal em frente ao Correio da Avenida Brasil no centro da cidade, dá conta que um funcionário testou positivo para o Coronavírus e a agência deve ser fechada para que a desinfecção seja feita no local.

Muitas pessoas aguardavam na fila no momento em que uma liminar foi entregue pelo Sindicato da categoria, a um dos funcionários dos Correios, pedindo o fechamento para execução do serviço.

A medida é fruto de uma ação liminar pedida pelos trabalhadores junto a Justiça do Trabalho, que determina a testagem de todos os colaboradores e desinfecção total do ambiente.

Documento pedindo providências aos Correios foi entregue em meio a extensa fila. (Fotos: Théo Bratfisch)

Em contato com a Secretária de Saúde Eliana Honain, ela afirma que o documento trata somente de orientação para a sanitização. “Enquanto nenhum outro caso for positivado a agência não será fechada”, disse Eliana.

NOTA DO SINDICATO DA CATEGORIA

A Justiça do Trabalho de Araraquara determinou que os funcionários da principal agência dos Correios da cidade cumpram quarentena em casa, em regime de trabalho remoto por 15 dias, em função de uma funcionária ter testado positivo para o Coronavírus.

Portanto, a previsão é que a principal agência, localizada na Avenida Brasil deve ficar fechada nesta sexta-feira.

O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios vai fiscalizar, de modo que a decisão da Justiça seja cumprida.

Ao todo cerca de 15 funcionários atuam somente naquela agência. Vale lembrar que a unidade citada é a maior em faturamento em toda a região de cobertura do Sintect-RPO, que abrange 94 cidades, incluindo Ribeirão Preto, Franca, Barretos e Catanduva.

Para que os funcionários deixem de cumprir a quarentena em casa, a empresa Correios deve testar os funcionários, de modo a identificar quem está contaminado.

De acordo com a liminar, o não cumprimento da decisão implicará pagamento de multa diária de R$ 1.000,00 por trabalhador não afastado, cuja destinação será posteriormente analisada.

Até agora, sete trabalhadores dos Correios na região foram contaminados.

O QUE DIZ OS CORREIOS

Com relação às ações judiciais, a empresa reitera que está ciente e que tem adotado as medidas preventivas que o momento exige preservar a saúde e o bem estar de todos os empregados.

A Agência Central de Araraquara passou por processo de sanitização nesta quinta-feira (2) e retomará o atendimento ao público após concluídos todos os protocolos profiláticos adotados pelos Correios.

Além de intensificar as orientações ao efetivo quanto aos cuidados básicos de higiene e procedimentos de limpeza dos ambientes e equipamentos, a empresa disponibiliza a todos os empregados álcool em gel e máscaras laváveis. Foram instalados, ainda, painéis de acrílico em mais de 5 mil guichês de atendimento e também está sendo providenciada a vacinação contra gripe para todos o efetivo. Dessa forma, a estatal tem garantido a prestação dos serviços postais, considerados essenciais pelo Decreto nº 10.282/2020 da Presidência da República.

Os Correios estão acompanhando a situação de saúde dos seus empregados, prestando o apoio necessário e, também, atuando para garantir o bom funcionamento das atividades operacionais. As orientações da empresa relacionadas ao afastamento de empregados em casos suspeitos de COVID-19 permanecem válidas, segundo as orientações sanitárias. A empresa tem realizado ações de sanitização nas unidades.