Início Cidade

Hapvida investe R$ 40 milhões na rede hospitalar que inclui São Francisco

Qualificação da rede tem o objetivo de suprir a demanda gerada pelo novo coronavírus, por meio da aquisição de materiais e novos equipamentos

57

Diante do crescimento do número de casos da Covid-19 no Brasil, o Sistema Hapvida – do qual o Grupo São Francisco faz parte – tem adotado medidas para expandir e qualificar sua rede de atendimento. Somente nas últimas semanas, R$ 40 milhões foram investidos na preparação da empresa para este novo cenário.

Do ponto de vista de infraestrutura, a companhia está se preparando para adicionar, caso seja necessário, até 1.500 leitos, sendo 200 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) – um aumento de mais de 50% na quantidade total de leitos em seus 39 hospitais.

A qualificação do atendimento também será reforçada por meio da aquisição de 260 respiradores e diversos equipamentos, além dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) destinados à segurança dos profissionais de saúde – entre eles, um dispositivo para entubação simples, que protege médicos e pacientes durante procedimentos.

A atenção aos colaboradores durante a crise do coronavírus também tem sido uma das frentes de trabalho. Ainda nesse contexto, abriu mais de 500 vagas temporárias, além de profissionais médicos para postos de trabalho fixos.

De acordo com Jorge Pinheiro, presidente do Hapvida, a companhia tem boas condições para atender demandas de pacientes infectados pelo novo coronavírus. Do total de 2.635 leitos, 555 são leitos de UTI. “Por sermos verticalizados e possuirmos rede própria, conseguimos ter uma gestão de custo assertiva, nos blindando da volatilidade na oferta de leitos país afora, como pode ocorrer com outros players”, conclui.