Início Cidade

Morre veado atingido em incêndio resgatado pelo Daae

O animal não resistiu aos ferimentos

70
O animal tinha severas queimaduras na barriga, pernas, cabeça e provavelmente havia perdido a visão

O Daae, por meio da Diretoria de Gestão Ambiental, comunica que, em decorrência das queimaduras causadas por incêndio em área rural, o veado-catingueiro resgatado no dia 14 de maio pela Unidade de Gestão da Fauna não resistiu aos severos ferimentos e faleceu no início da semana.

A autarquia vem alertando sobre a problemática das queimadas e o quanto isto pode eliminar grande parte de nossa biodiversidade. “Foi o triste resultado de um ato irresponsável”, lamentou Katia de Matteo, diretora de Gestão Ambiental. Histórias como essa ocorrem todos os dias e são decorrentes das queimadas em nossa cidade e região.
O Daae tem realizado a fiscalização, a colocação de outdoors e cartazes em pontos estratégicos da cidade, intensificado a educação ambiental com a distribuição de panfletos alertando sobre o quanto isto é grave. Lembrando que o tema da campanha das Queimadas deste ano é: “Irresponsabilidade é fogo e fogo é crime! Agora mais do que nunca!”.

O Parque Ecológico de São Carlos tem sido um grande parceiro do Daae no atendimento aos animais silvestres resgatados em nossa região. “Aproveitamos para agradecer o trabalho de toda a equipe do Parque Ecológico que tem recebido vários de nossos animais resgatados dando a eles um tratamento especializado, rápido e eficaz, uma ajuda que tem possibilitado salvar diversas vidas”, completou a diretora
Para combate ao fogo, acione o Corpo de Bombeiros por meio do 193 e para análise do risco a Defesa Civil pelo 153. Denuncie no 0800 770 1595 para que a fiscalização ambiental do Daae faça a vistoria e aplique a lei municipal. Se algum animal silvestre estiver queimado ligue para o Corpo de Bombeiros ou também no 0800 do Daae.