Início Cidade

Produtores do Assentamento Bela Vista se revoltam com máquina niveladora parada

Desde agosto quando foi entregue a máquina está estacionada na escola da Vila, por falta de operador, enquanto os buracos nas estradas fazem estragos nos carros de quem tem que trabalhar nos lotes

114
Foto tirada pelo produtor Paulo Henrique e colocada em rede social

Com investimento de R$ 600 mil, moradores do Assentamento Bela Vista receberam através do Orçamento Participativo em 10 de agosto deste ano, uma máquina niveladora de estradas (Patrol), para que as estradas rurais do assentamento ficassem em condições de receber o trânsito de escoamento de produção principalmente na época das chuvas.

Teria que funcionar assim, mas não foi o que aconteceu segundo o produtor rural e assentado há 26 anos, Paulo Henrique Ferreira de Oliveira.

Paulo conta à reportagem que quando da entrega da máquina, foi feita uma demonstração de como funcionaria e trabalhou apenas por um dia. Depois abriram um espaço na Escola Rural da Vila do assentamento e a máquina está parada, até que ele fosse ao local e tirasse foto para postagem em rede social. “Não dá para entender, nós ficamos sofrendo com as estradas esburacas, quebrando nossos carros de trabalho e máquina parada por falta de operador; é simples, por que a prefeitura não capacita alguém do assentamento para fazer este serviço, assim não ficamos na dependência de funcionários da prefeitura de Araraquara?” – pergunta o produtor.

Ainda segundo Paulo, a máquina voltou ao trabalho nesta segunda-feira (2), nas ruas da Vila, que estavam intransitáveis, devido às reclamações que os moradores fizeram exigindo que a prefeitura tomasse uma posição. “A coordenadora de Agricultura, Silvani Silva, mora no assentamento, será que ela nunca viu os buracos nas estradas, precisou eu fazer uma postagem em rede social para que a máquina voltasse a fazer seu trabalho, isto é um absurdo, eu sequer conseguia colocar meu carro na garagem devido a um buraco enorme em frente de minha casa, e a niveladora parada quase coberta por mato; bateram no peito dizendo que gastaram R$ 600 mil para comprar e não colocam para funcionar, isso sim que é gostar de jogar dinheiro fora” finalizou o produtor.

Em 10 de agosto, dia da entrega da maquina, várias autoridades participaram do evento

Perguntamos a Prefeitura o porque da máquina niveladora estar parada desde a sua entrega, mas até o momento não houve resposta.

Por Suze Timpani