Início Cidade

Rumo aos trilhos do centro da cidade

Com a renovação do contrato que vence em 2058 a concessionária vai investir ao longo dos anos R$ 245 milhões em Araraquara, só então, permitirá a retirada dos trilhos, mas sem data prevista.

110
Os investimentos a serem realizados pela concessionária somam mais de R$ 6 bilhões em obras, trilhos, vagões e locomotivas e serão realizados ao longo da concessão.

A Rumo está realizando obras na Estação de Tutoia em Araraquara, onde a unidade funcionará como uma oficina e um posto de abastecimento das composições ferroviárias. De acordo com a empresa esse empreendimento vai permitir a retirada dos trilhos da região central da cidade, mas a concessionária não informou uma data prevista para o termino.  Parte dos trens já percorre o novo contorno ferroviário por fora da área urbana (passando por Tutoia e por trás do Parque Pinheirinho e da Cooperativa Acácia).

Segundo a Rumo as obras em Araraquara estão previstas na renovação da concessão da Malha Paulista, assinado em maio deste ano entre a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e a Rumo.

Vale ressaltar que o contrato original, que venceria em 2028, foi renovado por mais 30 anos, vencendo em 2058, mediante uma série de contrapartidas que injetarão recursos privados na ampliação da capacidade de transporte, em melhorias urbanas, além de gerar empregos.

Os investimentos a serem realizados pela concessionária somam mais de R$ 6 bilhões em obras, trilhos, vagões e locomotivas e serão realizados ao longo da concessão. Além do aumento da capacidade de transporte, a concessão vai gerar investimentos em 40 municípios do estado de São Paulo e minimizar conflitos entre ferrovia e zonas urbanas. Ao todo, cerca de 5 milhões de pessoas serão beneficiadas com mais segurança viária. Em Araraquara, esse investimento seria de R$ 245 milhões.

A relação da Rumo com a cidade paulista vai além da ferrovia. Desde 2018, a empresa patrocina a Ferroviária de Araraquara, clube de futebol fundado em 12 de abril de 1950 por um grupo de funcionários da antiga empresa Estrada de Ferro Araraquara (EFA).

E neste ano, por conta da Covid-19, a Companhia doou mais de 1.000 litros de álcool 70% e 4 mil litros de produtos de limpeza para entidades como a Santa Casa da cidade e a Fundação Municipal Irene Siqueira Alves.