Início Cidade

Secretaria da Saúde confirma 90 casos de coronavírus em Araraquara

De um dia para o outro o número de casos confirmados para a Covid 19 aumentou consideravelmente e isso preocupa, pois com isolamento baixo a propagação do vírus é muito maior

96
Profissionais buscam cercar a propagação do vírus nos hospitais

Araraquara possui hoje (30), 90 casos confirmados de Coronavírus e 30 casos estão aguardando resultado de exame. Do total de casos confirmados, 26 permanecem em quarentena e 61 já saíram.

Hoje, 4 pacientes estão internados. Destes, 3 estão em enfermaria – sendo 1 caso suspeito e 2 confirmados – e 1 paciente confirmado está internado em UTI.

Foram notificados, até o momento, 3 óbitos confirmados decorrentes de Coronavírus na cidade e 1 aguarda resultado de exame.

Dentro do boletim anunciado pela secretária municipal de Saúde Eliana Honain, nesta manhã de quinta-feira, ficou claro que os casos suspeitos e confirmados, assim como seus comunicantes, estão sendo monitorados pela Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena.

BOLETIM DESTA QUINTA-FEIRA

O Comitê de Contingência do Coronavírus, instituído pela Prefeitura de Araraquara, esteve reunido na manhã desta quinta-feira para novas deliberações de ações de combate à transmissão do Covid-19.

O Comitê reforça que a obrigatoriedade do uso de máscara nos espaços públicos e nos equipamentos do transporte coletivo de Araraquara passa a vigorar a partir de amanhã, dia 1º de maio.

O objetivo é promover a manutenção das condições sanitárias e de segurança da saúde da população de Araraquara.

O uso correto de máscara é altamente recomendado pelas autoridades de saúde como forma de contenção do Covid-19, já que ela funciona como uma barreira física para essas partículas maiores, reduzindo o risco de contaminação do Coronavírus.

As máscaras devem ser de preferências caseiras, que são reaproveitáveis. Elas devem ser higienizadas a cada uso. As máscaras profissionais devem ser disponibilizadas para o pessoal da Saúde que trabalha na linha de frente da doença.

Vale destacar que, mesmo sendo um item de proteção para barrar o contágio da doença, o isolamento e a quarentena continuam e são os métodos mais eficazes no enfrentamento do Coronavírus.

A máscara deve ser utilizada por quem realmente precisa sair de casa, para trabalhar, para fazer compras nos supermercados e farmácias e para quem necessita utilizar o transporte público.

A nota do Comitê de Contigência explica que os estabelecimentos comerciais que estão funcionando deverão exigir o uso da máscara pelos funcionários, consumidores e clientes.

A fiscalização será feita pelos órgãos municipais competentes, que vão orientar as pessoas que não estiverem cumprindo a medida.

A Prefeitura também providenciou a confecção de máscaras caseiras, a partir de contratação da Associação Mãos que Criam. Essas máscaras serão entregues à população em alta vulnerabilidade social.

Vários setores da Prefeitura se organizaram para identificar as situações de necessidade de uso e vulnerabilidade, e, a partir daí, vão realizar as orientações e a entrega destas máscaras.

Também neste dia 1º de maio terá início o processo de sanitização do Terminal Central e nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), incluindo o Polo Estratégico de Atendimento para Casos Suspeitos e Diagnosticados com o novo Coronavírus, cuja estrutura engloba a UPA da Vila Xavier e a Igreja Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

NOS BAIRROS DE ARARAQUARA