Início Cidade

Unimed Araraquara doa resíduos eletrônicos para Hospital Cairbar Schutel

O Projeto Sucatas é uma iniciativa que une o descarte sustentável do lixo eletrônico e a ajuda a instituições com a venda do material doado.

48

Pelo segundo ano consecutivo a Unimed de Araraquara escolheu o Hospital Psiquiátrico Cairbar Schutel para doar o lixo eletrônico gerado pela cooperativa como forma de colaborar com o descarte sustentável e, também com a arrecadação de recursos dessa instituição. Esses são objetivos do Projeto Sucatas da Unimed de Araraquara que existe desde 2016.

Segundo o analista de suporte da Unimed de Araraquara, Alexandre Pereira de Castro, por alguns anos o lixo eletrônico descartado era encaminhado para Recicla Brasil. “No entanto, desde 2018, a Unimed de Araraquara passou a destinar esse material ao Hospital Psiquiátrico Cairbar Schutel, por se tratar de uma instituição sem fins lucrativos que possui também um processo de descarte sustentável de lixo eletrônico”, explica Castro.

O coordenador técnico do Cairbar Schutel, Maurício Eugênio Oliveira Sgobi conta que a doação de material eletrônico pela Unimed Araraquara é muito bem-vinda porque atende a várias frentes no hospital. “Tem a questão ambiental juntamente com a econômica por conta da reversão de recursos para o hospital e, também a questão psicossocial, já que os pacientes trabalham na separação do material mediante um incentivo financeiro”, ressalta.

 

    O projeto

A proposta do Projeto Sucatas da Unimed de Araraquara é adotar ações sustentáveis que vão ao encontro da conscientização e proteção do meio ambiente. Dessa forma, o descarte correto de equipamentos eletrônicos é fundamental para cumprir essa meta.

Além disso, o projeto busca escolher instituições que façam a devida separação, reutilização e descarte do lixo eletrônico como é o caso do Hospital Caibar Schutel, que com essas ações também consegue arrecadar recursos com a venda do material doado.

Segundo o supervisor de TI da Unimed de Araraquara, Alessandro Willian de Souza, periodicamente a cooperativa tem a necessidade de descartar equipamentos eletrônicos que se tornam obsoletos e, por isso o Projeto Sucatas é uma iniciativa que auxilia na proposta de preservar o meio ambiente e ajudar a comunidade.