Início Cidade

Vacinação contra gripe já imunizou mais de 32 mil pessoas em Araraquara

Vacinação continua nos postos de saúde e no Sesa; idosos e trabalhadores da saúde são o público-alvo

30
Vale lembrar que todas unidades de atendimento foram organizadas com espaços externos

Araraquara já imunizou 32.459 pessoas contra a gripe desde o início da campanha nacional, em 23 de março. A vacinação segue em todos os postos de saúde municipais e no Sesa (Serviço Especial de Saúde de Araraquara), das 7h às 16h30. Nesta primeira etapa estão sendo imunizados pessoas acima de 60 anos (idosos) e trabalhadores da área da saúde, conforme determinação do Governo Federal.

Vale lembrar que todas unidades de atendimento foram organizadas com espaços externos (com cobertura tipo tenda), respeitando o espaçamento seguro de pelo menos 1 metro entre cada pessoa, a fim de evitar aglomerações.

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, a cobertura da vacinação nos idosos compreende 84,84% do total. Em relação aos trabalhadores da saúde, o número chega a 93,77%.

A próxima etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa no dia 16 de abril e será destinada aos profissionais das forças de segurança e salvamento, doentes crônicos, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários, segundo determinação do Ministério da Saúde, que decidiu alterar o cronograma.

Com a mudança, os professores passam a integrar o grupo prioritário da terceira fase, tendo em vista que as aulas estão suspensas e as escolas fechadas.

De acordo com o ministério, o novo público-alvo da segunda etapa está mais exposto diariamente ao coronavírus por estar na linha de frente prestando serviços essenciais.

FASES DA CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO

1ª fase (a partir de 23 de março) – Idosos com 60 anos ou mais, e Trabalhadores da saúde

2ª fase (a partir de 16 abril) – Profissionais das forças de segurança e salvamento, além de doentes crônicos, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários

3ª fase (de 9 a 22 de maio) – Professores, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, grávidas, Mães no pós-parto, população indígena, pessoas acima de 55 anos, pessoas com deficiência