Início Cidade

Valle Verde passa a ter Ponto de Entrega de Entulhos e Volumosos

PEV do Valle Verde é o maior já instalado na cidade, com área de 4.910 m²; serviço incentiva o descarte correto de resíduos e colabora com o meio ambiente

35

A Prefeitura e o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos) entregaram para a comunidade nesta sexta-feira (17) o PEV (Ponto de Entrega de Entulhos e Volumosos) da região do Valle Verde. A unidade fica na Rua Carlos Augusto Donato, entre as avenidas Santiago Maia e Doracy Fernandes Luiz.

O PEV do Valle Verde recebeu R$ 308 mil em investimentos do Daae e é o maior já instalado em Araraquara, com área de 4.910 m² (são 10 PEVs já em funcionamento na cidade, com o do Maria Luiza a ser inaugurado nas próximas semanas). O horário de funcionamento é de segunda-feira a sábado, das 6h às 18h.

A unidade contribui para a preservação do meio ambiente ao incentivar o descarte correto de resíduos e evitar que esses materiais sejam despejados em terrenos ou locais próximos a rios e córregos (como é o caso do Valle Verde, em que o Ribeirão das Cruzes nasce ao lado do bairro).

“É mais um equipamento público que o Daae está entregando. Aqui no Valle Verde, temos um problema sério de descarte de resíduos. Nós vamos resolver essa questão, protegendo o meio ambiente e combatendo a formação de criadouros do mosquito da dengue. Estamos realizando campanhas junto à população para o descarte correto”, afirmou o superintendente do Daae, Donizete Simioni, que agradeceu a todos os servidores da autarquia pelo empenho nas obras do PEV.

Para o prefeito Edinho, o PEV do Valle Verde terá grandes benefícios para o meio ambiente. “Queremos evitar aquilo que mais agride o meio ambiente, os nossos córregos, e também é fator para que os criadouros do mosquito da dengue possam existir: os locais em que se despeja entulhos”, declarou Edinho.

“Estamos dizendo para a população: não jogue entulho e resíduos em terrenos baldios e na beira dos córregos. Traga aqui, porque o Daae vai fazer a reciclagem para o material ser reutilizado”, completou o prefeito.

Também estiveram na entrega do PEV, representando a Câmara Municipal, os vereadores Edio Lopes (PT), Paulo Landim (PT) e Thainara Faria (PT); a diretora de Gestão Ambiental do Daae, Katia Matteo; o gerente de Resíduos Especiais e Volumosos do Daae, Marcos Antonio Scalize; entre outros diretores e servidores da autarquia.

Pontos de descarte de resíduos
Araraquara possui dez pontos de entrega de entulhos e volumosos em funcionamento: Jardim Santa Lúcia, Parque das Laranjeiras, Parque São Paulo, Parque Gramado, Santa Angelina, Parque Igaçaba, Jardim Roberto Selmi Dei, Jardim Victório De Santi, Residencial Valle Verde e Jardim das Hortênsias. A décima primeira unidade será inaugurada no Jardim Maria Luiza.

O descarte no PEV do Valle Verde tem limite de até 4 m³ (quatro metros cúbicos) por dia para resíduos da construção civil (entulho) e madeiras descartados pelo gerador ou pelo transportador cadastrado, sendo gratuito até 2 m³ diários.

De 2,5 m³ a 3 m³, o valor cobrado é de 4 UFMs (Unidades Fiscais do Município) — o equivalente a R$ 230,72, pois cada UFM tem valor de R$ 57,68. Já de 3 m³ até 4 m³ são cobrados 6 UFMs (R$ 346,08).

Galhos e restos de podas, volumosos (sofás, colchões, armários, camas) são permitidos até 4 m³ por descarte. Eletroeletrônicos (restrito a uso doméstico), lâmpadas (restrito a uso doméstico) e pneus (veículos de passeio) são recebidos até dez unidades por gerador.

Não é permitido o descarte de lixo doméstico, lixo industrial, lixo hospitalar, lixo químico, lixo de oficinas mecânicas e similares, gesso e taco.