Início Cultura e Lazer

Conselho Municipal de Cultura elege representantes

O mandato dos conselheiros eleitos será de 2021 a 2023; uma segunda chamada irá eleger os representantes das cadeiras: Artes Visuais, ONG’s, e Patrimônio Folclórico Popular

44

A Secretaria Municipal da Cultura informa que na última quarta-feira, 24 de novembro, foi realizada eleição para formação do Conselho Municipal de Cultura, órgão que formula políticas públicas, com a participação autônoma e organizada dos segmentos da sociedade integrantes da ação cultural da cidade. O mandato dos conselheiros eleitos será de 2021 a 2023.

A eleição foi referente às representações das linguagens artísticas: Artesanato, Capoeira, Cine/Foto/Vídeo, Circo, Cultura Hip Hop, Dança, Literatura, Música, Preservação das Tradições Culturais e Teatro. Em breve, em data a ser definida pela Secretaria Municipal da Cultura, haverá uma segunda chamada para as vacâncias: Artes Visuais, ONG’s, e Patrimônio Folclórico Popular.

O Conselho Municipal da Cultura é um instrumento para uma gestão cultural democrática, transparente e colaborativa na deliberação, contribuição e fiscalização da política cultural do governo municipal. Sua finalidade é formular políticas públicas, promover a participação autônoma organizada de todos os segmentos da sociedade integrantes da ação cultural do município e implementar ações destinadas ao fortalecimento das atividades culturais de Araraquara.

A formação é composta por representantes da sociedade civil, de diversas áreas artísticas e de representantes do poder público e de instituições, totalizando 30 membros titulares mais seus suplentes.

Puderam se candidatar ao cargo como representante das diversas áreas culturais, e também votar: as pessoas inseridas no contexto cultural das linguagens artísticas apresentadas.

Para se candidatar os artistas tiveram que atentar à algumas considerações, como atuar no mínimo há três anos na área escolhida; para votar: são aqueles que atuam há pelo menos um ano na linguagem artística. Os critérios para votar e ser votado são estabelecidos na lei nº 7953, de 06 de junho de 2013 – os interessados podem retirar uma cópia na Secretaria Municipal da Cultura (Palacete das Rosas Paulo A.C. Silva).

Vale lembrar que também podem participar representantes das instituições, associações e serviços culturais, ONG sem fins lucrativos ligada à produção e difusão cultural no município, escolas de carnaval, patrimônio folclórico popular, e associações de preservação das tradições culturais.

A Secretaria Municipal da Cultura lembra que os representantes eleitos pelo Orçamento Participativo tiveram eleição separada. Todos os representantes eleitos pelo OP foram candidatos únicos à vaga, eleitos com o critério “ausência de inscrições que justifiquem votação”.

Ainda, importante informar que os conselheiros eleitos não recebem qualquer forma de gratificação e os serviços prestados são considerados de relevante interesse social.

Eleição Conselho Municipal de Cultura de Araraquara (CMCA):

Artesanato
Izildinha Ricardo Alves Castelari – Titular
Lizete Aparecida Girasolo Bachi – Suplente

Capoeira
José Gomes Sobrinho – Titular

Cine / Foto/ Vídeo
Paulo Afonso Monteiro Delfini – Titular

Circo
Isabel de Almeida Telles Macari – Titular
Bárbara Monteiro S. M. Alves – Suplente

Cultura Hip Hop
Alexandre Luis Francisco – Titular
Vinicius Floriano Gonçalves – Suplente

Dança
Beatriz Ponchio Borghi – Titular
Daniela Perez – Suplente

Literatura
Rodrigo C Vulcano dos Santos – Titular

Música
André Luiz Bonifácio da Silva – Titular

Preservação das Tradições Culturais
Eduardo Marçal Chaves – Titular

Teatro
Victor Ferrari – Titular

Representantes eleitos pelo OP:
População Jovem
Vinicius Bocanegra Luís

População Idosa
Jair Antônio Alves

População LGBTQIA+
Fabiano de Castro Barbosa

População de Araraquara
Endrigo Zapatta

População de Araraquara
Jenifer Antônia Brigida Moyses