Início Destaques

Bolsonaro ataca Edinho e coloca reeleição do prefeito sob suspeita

Em uma entrevista no nordeste brasileiro o presidente da República desta feita foi mais longe do que simplesmente dizer que - o povo de Araraquara passou fome na pandemia e comeu até cães e gatos. Colocou sob suspeita a reeleição de Edinho como a sinalizar para fraude.

452
Presidente Bolsonaro e Prefeito Edinho, uma disputa midiática

O presidente da República Jair Bolsonaro (PL) voltou a atacar o prefeito Edinho Silva (PT), de Araraquara (SP), por causa da forma com que vem conduzindo o combate à pandemia em nossa cidade.

Desta feita o presidente concedeu uma entrevista a uma rádio do Ceará que foi ao ar nesta sexta (14), onde voltou a afirmar que “as pessoas passaram fome em Araraquara por causa do lockdown introduzido pela prefeitura em fevereiro de 2021”. Só que desta feita as acusações foram mais adiante, levantando suspeita sobre a reeleição do petista ocorrida em 2020.

Disse Jair Bolsonaro: “Se não fosse o presidente da Ceagesp socorrer com comboio de alimento, o pessoal teria morrido de fome. Lá, inclusive, o pessoal comeu cães e gatos. Esse prefeito foi reeleito, a gente não consegue entender isso aí. Será que as eleições foram limpas no tocante à apuração?”, perguntou Bolsonaro.

Edinho Silva apenas respondeu que Bolsonaro precisa aprender a enfrentar a pandemia em vez de atacar Araraquara e disse que as mentiras não apagam o que sua gestão fez durante a crise de saúde. “A nossa aprovação veio das urnas com mais um mandato, isso também deve doer em Bolsonaro, que vê suas convicções serem rejeitadas cotidianamente pelo povo brasileiro”, afirmou.

NOTA DA PREFEITURA DE ARARAQUARA

A Prefeitura de Araraquara durante à noite chegou a distribuir uma nota à imprensa repudiando o comportamento do presidente da República e que publicamos na íntegra.

“Bolsonaro mais uma vez me ataca com a disseminação de mentiras e fake news

A Prefeitura de Araraquara vem a público manifestar repúdio sobre uma fala proferida pelo presidente Jair Bolsonaro, em entrevista concedida a um canal do Youtube nesta sexta-feira (14).

A Prefeitura lamenta e reforça que se trata de mais uma fake news. Notícia mentirosa propagada por quem deveria coibir essa prática. Não há na cidade registro sobre essa denúncia envolvendo “gatos e cachorros como alimentos”, ou mesmo algo semelhante. Inclusive, a Prefeitura e os órgãos de fiscalização jamais localizaram os autores dessa denúncia.

Ao contrário, Araraquara investe fortemente na política de assistência, segurança alimentar e combate à fome, além dos vários programas de combate ao desemprego e qualificação profissional como Jovem Cidadão, Frentes da Cidadania, PMAIS (Programa Municipal de Agricultura de Interesse Social) com distribuição de cestas de hortifrútis nos CRAS adquiridas da agricultura familiar, Apoiadores no Combate à Dengue e no Combate à Covid, Bolsa Cidadania, dentre muitos outros programas da nossa rede de Assistência. Isso é perene e foi intensificado durante a pandemia.

No início da pandemia, a Prefeitura criou a Rede de Solidariedade, uma forma de fazer o elo de quem precisa de ajuda com quem pode ajudar, além de ampliar a compra de alimentos. Até hoje, só a Rede de Solidariedade já distribuiu 39.600 cestas de alimentos, além dos kits de higiene. Somando com as cestas de estocáveis e hortifrútis da Secretaria da Educação, são mais de 232.4 mil cestas/kits entregues entre 2020 e 2021 até agora em socorro às famílias durante a pandemia.

É lamentável o uso político da pandemia. São mais de 621 mil famílias enlutadas no país e, em vez de focar-se nas medidas, que segundo a ciência, são remédios para este enfrentamento – o distanciamento social e a vacina, se gasta tempo fazendo politicagem, criando fake news e usando de instituições do Estado Brasileiro para fazer disputa partidária e divulgar mentiras.

A população reconhece todo o trabalho incansável que vem sendo realizado neste enfrentamento contra a pandemia de Covid-19, principalmente neste momento de agravamento, decorrente da disseminação da variante Ômicron. A cidade está testando 100% da demanda de sintomáticos e assintomáticos. Araraquara vai continuar seguindo a ciência e a medicina e, com certeza, vai vencer mais esse desafio.

Quanto ao resultado eleitoral de 2020, é o reconhecimento do povo de Araraquara ao trabalho sério que tem sido feito. Isso também deve doer em Bolsonaro, que assiste suas convicções serem rejeitadas cotidianamente pelo povo brasileiro.”