Início Destaques

Após suspeitas, dois jogadores da Ferroviária testam negativo para Covid-19

Contraprovas foram feitas na tarde desta sexta-feira e jogadores seguiram viagem para Belo Horizonte para o confronto diante do América-MG pela Copa do Brasil

74
Atacante Bruno Mezenga (foto) e o goleiro Saulo teriam testado positivo para coronavírus - Crédito: Felipe Blanco / Ferroviária S/A

Dois jogadores da Ferroviária ficaram de fora do embarque da equipe para Belo Horizonte na noite da última quinta-feira, para o confronto diante do América-MG pela Copa do Brasil, por terem apresentado quadro de Covid-19.

Os atletas em questão seriam o goleiro Saulo e o atacante Bruno Mezenga, que realizaram as testagens e os resultados foram positivos, porém assintomáticos. Em contraprova feita pelo clube junto a um laboratório, com exames feitos RT-PCR e sorológico, os resultados apontaram negativos.

O Portal RCIA apurou que Saulo e Bruno Mezenga embarcaram na tarde desta sexta-feira para Belo Horizonte, onde se juntaram aos demais jogadores para o jogo diante do Coelho. O clube afirmou que os jogadores ficaram em Araraquara para resolver questões internas e não confirmou os casos e as realizações dos exames.

Um novo teste será realizado hoje, na capital mineira, por parte da CBF, visando o jogo da próxima terça-feira, contra o Coelho. Os resultados devem ser divulgados na segunda-feira.

No início de julho, quando o governo do estado de São Paulo autorizou a retomada dos treinamentos, dois jogadores da Ferroviária haviam testado positivo para coronavírus, enquanto um funcionário apresentou resultado inconclusivo, sendo isolado de todo o grupo.

Em matéria realizada pelo jornal O Estado de São Paulo no último dia 19, até o momento, entre as séries A, B e C do Campeonato Brasileiro, foram feitos mais de 2,7 mil testes em jogadores dos 60 clubes, sendo que 16% foram contaminados e curados, apresentando soroprevalência de anticorpos, a tendência é que os casos possam diminuir, mesmo os outros 84% tendo riscos de serem contaminados pelo coronavírus.