Home Cidade

Araraquara leva 2,3 toneladas de alimentos para vítimas das chuvas no litoral norte. Janja agradece nas redes sociais.

Leite, água, itens de limpeza, peças de roupas, ração animal, itens de higiene pessoal e roupas íntimas femininas também foram enviados do Fundo Social em caminhão nesta quinta-feira (2). No dia seguinte primeira dama agradece através das redes sociais.

116
Janja agradece contribuição de Araraquara qure enviou doações para cidades que foram atingidas pelas chuvas

Em mais uma demonstração da solidariedade da população de Araraquara, um caminhão deixou o município nesta quinta-feira (2) levando 2,3 toneladas de alimentos e outros itens de extrema necessidade para as vítimas das fortes chuvas no litoral norte do estado de São Paulo.

O prefeito Edinho acompanhou a saída do caminhão do Fundo Social de Solidariedade, com destino ao Fundo Social do município de São Sebastião, e agradeceu a solidariedade da população de Araraquara.

“Foi muito bonito o que assistimos aqui em Araraquara. Agradeço a todas as empresas que se mobilizaram, a todas as famílias, todas as entidades, todas as servidoras e todos os servidores municipais. É muita gente que trabalhou para que a gente atendesse às famílias atingidas por essa tragédia. Recebemos muita solidariedade nos momentos difíceis. E solidariedade se retribui com solidariedade”, afirmou Edinho em transmissão pelas redes sociais.

“Araraquara sofreu com as enchentes no final do ano passado e no início deste ano. Nós sabemos exatamente o que é uma cidade enfrentar uma tragédia. É claro que nem se compara ao que São Sebastião está enfrentando, mas chamamos uma mobilização para que Araraquara ajudasse. E nossa primeira-dama [da Presidência da República], Janja, fez um telefonema para que pudéssemos ajudar também as mulheres”, complementou o prefeito.

O caminhão transportou para o litoral 2.330 kg de alimentos, 472 litros de leite, 3.967 litros de água, 4.178 itens de higiene, limpeza e farmácia, 11.000 absorventes íntimos, 108 fraldas infantis, 10.072 peças de vestuário e calçados, 1.363 roupas de cama, mesa, banho e travesseiros, 1 caixa de 50 kg de roupas íntimas e 220 kg de ração animal. Todos os itens são resultado de duas campanhas simultâneas.

Uma ação é organizada pela Prefeitura, por meio do Fundo Social, da Defesa Civil e das secretarias municipais. A campanha conta com apoio da Guarda Civil Municipal, da Polícia Militar, da Unip, da Coeducar, dos Supermercados Savegnago, do Supermercado 14, do Assaí Atacadista, do Jaú Serve Supermercados e da loja de produtos pet Agromil, entre outros colaboradores, incluindo moradores voluntários.

Os pontos de coleta são a sede da Prefeitura, o Fundo Social, a sede da Guarda Municipal e suas viaturas que percorrem a cidade, a Casa dos Conselhos, todos os órgãos da Prefeitura, o 13º Batalhão da Polícia Militar, os supermercados Savegnago, Jaú Serve e Assaí, além da loja Agromil.

Outra campanha realizada pela Prefeitura, chamada “Um por todos, todos por elas”, tem objetivo de arrecadar produtos de higiene pessoal (principalmente absorventes) e roupas íntimas femininas (novas ou bem higienizadas). O ponto de arrecadação é o Centro de Referência da Mulher — Avenida Espanha, nº 532, Centro, de segunda a sexta, das 7h às 17h30. Às doações da população foram somadas, também, colaborações da Iesa, da Lupo e da DrogaVen.

“Como eu sempre digo, Araraquara é uma cidade muito solidária. Abrimos a campanha e já começou a chegar as coisas. São quase 10 mil kg de itens para o litoral norte. Isso é uma questão de empatia, saber se colocar no lugar do outro e a necessidade que o outro está passando. Agradeço ao pessoal do Fundo Social, da Defesa Civil e a toda equipe da Prefeitura, além da população e das empresas que colaboraram”, resume a presidente do Fundo Social, Cidinha Silva.

Estiveram com Edinho e Cidinha acompanhando a saída do caminhão de doações a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Jacqueline Barbosa; o secretário de Direitos Humanos e Participação Popular, Marcelo Mazeta; o secretário de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, coronel João Alberto Nogueira Júnior; a ex-secretária Amanda Vizoná (Direitos Humanos e Participação Popular); a gestora do Centro de Referência da Mulher, Laís de Conti; além das equipes do Fundo Social, da Defesa Civil e de outras secretarias.

TRAGÉDIA

Durante o final de semana do Carnaval, cidades do litoral paulista chegaram a registrar mais de 600 mm de chuvas em 24 horas — casos de São Sebastião (626 mm) e Bertioga (682 mm), segundo o Centro Nacional de Previsão de Monitoramento de Desastres (Cemaden). É o maior acúmulo de chuva que se tem registro na história do Brasil.

Foram confirmadas 65 mortes na tragédia, sendo 64 em São Sebastião e 1 em Ubatuba, além de milhares de pessoas desabrigadas ou desalojadas, de acordo com a Defesa Civil do Estado de São Paulo.

AGRADECIMENTO

Um vídeo gravado nesta sexta-feira (03) pela primeira dama, Janja da Silva, reflete o agradecimento do Governo Federal à campanha desenvolvida pela população araraquarense, através da Prefeitura Municipal.

Janja, cita a tragédia de Araraquara e faz alusão ao trabalho a reconstrução da cidade, danificada pela violência e quantidade de chuvas. Ela também direciona seu agradecimento as mulheres que colaboraram no movimento, pois em sua opinião são as que mais sofrem quando acontecem tragédias deste porte.

AS DOAÇÕES FEITAS PELO POVO ARARAQUARENSE