Início Cidade

Comerciantes esperam aumento de até 3,5% nas vendas de Dia das Crianças

Setor de brinquedos e lojas de departamento mantêm as melhores expectativas dentre os entrevistados

129
Comércio araraquarense, voltado principalmente para brinquedos, vive momento de expectativa

Caracterizado pelo forte apelo emocional e comercial junto ao público infantil, o período de Dia das Crianças gera um impacto positivo nas vendas de diversos segmentos, sobretudo aqueles atuantes no comércio de brinquedos, eletrônicos, vestuário, calçados e lojas de departamento.

Com o objetivo de mensurar o grau de otimismo dos empresários que atuam nesses setores, o Núcleo de Economia do Sincomercio Araraquara promoveu levantamento sobre as expectativas de vendas para o Dia das Crianças de 2019.

A estimativa, feita com base nos depoimentos dos comerciantes araraquarenses, demonstrou que 94,1% espera que as vendas este ano sejam iguais ou melhores que as de 2018. A tímida recuperação econômica e o valor afetivo da data foram os principais motivos apontados pelos lojistas como determinantes para a melhora nas expectativas de faturamento.

De outra parte, 5,9% desses empresários acreditam que as vendas no período poderão ser inferiores ao ano passado, visto que ao longo de 2019 os consumidores vêm adotando uma postura mais cautelosa diante do alto grau de endividamento das famílias e das incertezas quanto ao nível futuro de empregabilidade.

De acordo com o levantamento, os comerciantes acreditam que o ticket médio dos presentes de Dia das Crianças deve ficar em torno de R$ 183, e para tentar atrair os consumidores, 41,5% dos lojistas decidiram focalizar seus investimentos em publicidade, física e digital. Cerca de 31% vão ofertar brindes e realizar sorteios, 24% realizarão promoções no período, e apenas 3,4% pretendem conquistar a preferência dos clientes oferecendo novas formas de
pagamento.

Ainda em relação às formas de pagamento mais utilizadas, 94% dos lojistas acreditam que as compras serão feitas de forma parcelada, via cartão de crédito (75%) ou através de crediário (19%), enquanto os 6% restantes esperam maior volume de pagamentos à vista, via cartão de débito ou dinheiro.

Corroborando o cenário de estagnação do mercado de trabalho, com elevado nível de desocupação e vagarosa recuperação do volume de admissões, apenas 18% dos comerciantes optaram pela contratação de funcionários temporários, enquanto que os outros 82% priorizaram a realocação dos trabalhadores já admitidos para recepcionar o aumento de público.

Para incentivar os consumidores e incrementar as vendas às vésperas do Dia das Crianças, o comércio em geral de Araraquara e mais 12 cidades da região estenderão o horário de funcionamento na sexta-feira (11) até às 22 horas
Shopping centers e supermercados manterão seus horários normais de atendimento durante todo o final de semana.