Início Destaques

Covid-19: comandante do 13° em Araraquara continua internado

O Tenente Coronal da Polícia Militar, Luiz Sérgio Mussolini Filho segue internado após ser diagnosticado para Covid-19. Natural de Descalvado faz dois meses que o novo comandante está em Araraquara.

101
O comandante da Polícia Militart em Araraquara, Luiz Sérgio Mussolini Filho

O Tenente Coronal da Polícia Militar, Luiz Sérgio Mussolini Filho, 50 anos, comandante interino do 13º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior) em Araraquara, está internado após testar positivo para a Covid-19.

O Oficial, está à frente do policiamento do município e outras 19 cidades desde junho de 2020. Em 26 de maio, Mussolini assumiu o Comando do 38º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior) em São Carlos (SP), que conta com 4ª Cias de policiamento e abrange 7 cidades da região, logo após ter a sua promoção a Tenente Coronel da PM, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) em 24 de maio de 2020, onde liderou todo o efetivo por alguns dias, assumindo o lugar do Major Luiz Enrique Souza Ikeda, até ser transferido para a atual unidade onde exerce suas funções.

Em 1995, Mussolini assumiu o cargo de 2º Tenente da Polícia Militar, atuando em sua terra natal, a cidade de Descalvado (SP). Em 1997, foi promovido à 1º Tenente da PM.

No ano de 2009, chegou a promoção para Capitão da Polícia Militar, e então o Oficial assumiu o comando da 3ª Cia do 38º BPM/I, ficando responsável pelo policiamento nas cidades de Descalvado (SP) e também Santa Rita do Passa Quatro (SP), onde seguiu até o ano de 2015.

Quando chegou a patente de Major, Mussolini atuou em outras unidades da Polícia Militar do Estado de São Paulo, sendo Subcomandante do Regimento 9 de Julho, a Cavalaria, o Batalhão mais tradicional da Polícia Militar Paulista.

Pós-doutorado pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), o Tenente Coronel Luiz Sérgio Mussolini Filho, segue a frente do policiamento em nossa cidade.

COVID-19 E O EFETIVO

Segundo o Comando Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, em todo o território paulista existe cerca de 0,70% de militares afastados em decorrência do novo coronavírus.

Todas as medidas necessárias de proteção ao contingente foram adotadas, segundo nota da Polícia Militar, além de orientações que foram repassadas para a corporação, em especial, aos patrulheiros que atuam nas ruas, na linha de frente no dia-a-dia. Foram distribuídos equipamentos de proteção individual especial, como máscaras de proteção facial, álcool em gel e luvas.

O quadro de saúde do Tenente Coronel Luiz Sérgio Mussolini Filho, não foi divulgado.