Início Cidade

Em pleno Domingo de Ramos a Guarda notifica igreja de São Geraldo por missa secreta

Igreja deverá ser notificada por promover aglomeração nesta manhã de domingo e infringir normas estabelecidas pelo decreto que exige retransmissão por meios de telecomunicações; o acesso da Guarda Municipal, embora as portas e portões estivessem fechados foi facilitado e ainda não sabe qual punição será dada ao responsável, no caso o padre José Luis Ferrari.

1066
As viaturas da Guarda Municipal em frente a igreja; os fiéis foram saindo aos poucos.

Pelo descumprimento de normas constantes no Decreto Municipal que faz enfrentamento a pandemia do novo coronavírus a Igreja de São Geraldo poderá ser punida por força da lei. No templo, de portas trancadas e religiosos celebrando o Domingo de Ramos, a missa recebeu – naquele momento fiéis que não esperava receber, ou seja, a visita dos agentes da fiscalização.

Com a continuidade de Araraquara na Fase Vermelha do Plano São Paulo, o decreto estabelecido prevê uma série de medidas que são do conhecimento principalmente das igrejas que têm pressionado o prefeito Edinho Silva a promover mudanças nas regras.

A Igreja de São Geraldo, por exemplo, é classificada como atividade religiosa e se insere nas proibições publicadas pela Prefeitura Municipal desde a implantação das medidas no começo do mês. Contudo, como é a abertura da Semana Santa, começando pelo Domingo de Ramos, a igreja tentou burlar a vigilância e a fiscalização. O padre Ferrari comentou que – apenas estava cumprindo sua missão de pastor.

É bem clara a posição do município sobre decreto:

“As novas regras proíbem atividade coletiva e abertura de prédios que abriguem entidades associativas, religiosas, coletivos desportivos amadores, entidades de entretenimento e clubes. É permitida apenas atividades internas de limpeza, manutenção e administrativas, limitada à presença de até 30%.

Será considerada aglomeração irregular a presença simultânea de cinco pessoas em qualquer local, públicos ou privados, inclusive em edifícios ou áreas residenciais.

As igrejas poderão realizar cultos e celebrações exclusivamente para retransmissão por meios de telecomunicações, podendo contar com a presença de até cinco pessoas no apoio à realização dos cultos e celebrações”.

A reportagem do Portal RCIA esteve no local acompanhando na parte externa e à distância, o diálogo entre o padre Ferrari e o responsável pela fiscalização, representando a Guarda Municipal. Os fiéis, carregando os ramos, foram aos poucos esvaziando o templo. Ainda não se tem informações sofre o desfecho.

(Matéria em atualização)