Início Destaques

Embraer de Gavião entrega quarta aeronave C-390 Millennium à Força Aérea Brasileira

Desde o início da Pandemia da COVID-19, a FAB tem acordo com as normas KC-390 Millennium em missões de transporte aéreo logístico movimentando toneladas de suprimentos essenciais ao combate à pandemia no Brasil.

126
Aeronave construída na unidade da Embraer em Gavião Peixoto

A Embraer entregou à Força Aérea Brasileira (FAB) o quarto avião de transporte multimissão C-390 Millennium, de um total de 28 unidades encomendadas pela FAB. Assim como as unidades já entregues e em operação, esta será operada pelo Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1 ° GTT). Todas as aeronaves encomendadas pela FAB estão preparadas para realizar missões de reabastecimento aéreo, com a designação KC-390 Millennium.

 “Recebemos com grande satisfação mais uma aeronave KC-390 Millennium que está sendo incorporada à nossa frota. Em breve, ela também será operada nas mais diversas missões em diferentes regiões do Brasil e até no exterior, a exemplo das outras três que já demonstraram sua grande capacidade, principalmente no transporte de insumos e materiais durante uma Operação COVID-19 ”, ressaltou o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.

“Estamos muito atualizados com a entrega do quarto C-390 Millennium à Força Aérea Brasileira, pois o avião tem cumprido um papel extremamente relevante em uma série de missões humanitárias dentro do território brasileiro e até mesmo no exterior”, disse Jackson Schneider, Presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança.

“O C-390 está se estabelecendo por mérito próprio como o avião de transporte tático deste século, abrindo novos mercados, o que é extremamente importante para a estratégia da Embraer nos próximos anos”.

Desde o início da Pandemia da COVID-19, a FAB tem acordo com as normas KC-390 Millennium em missões de transporte aéreo logístico movimentando toneladas de suprimentos essenciais ao combate à pandemia no Brasil. Além disso, a FAB opera uma das aeronaves em missão humanitária à República do Líbano em apoio à população de Beirute, em agosto deste ano.

No dia 17 de novembro, o governo da Hungria assinou um contrato com a Embraer para a aquisição de duas aeronaves C-390 Millennium na configuração de reabastecimento aéreo último (KC-390 Millennium). A aquisição é parte do processo de fortalecimento das Forças Armadas da Hungria, especificamente nas funções de transporte aéreo tático, reabastecimento de outras aeronaves e evacuação médica, bem como em outras missões de interesse nacional. As entregas para a Hungria estão programadas para começar em 2023.

Conforme as primeiras do mundo com a opção de configuração para a Unidade de Terapia Intensiva, recurso essencial para o desempenho de missões humanitárias. Também permitirão o reabastecimento do JAS 39, Gripen húngaro, bem como outras aeronaves que usam a mesma tecnologia.

Esses KC-390 Millennium serão totalmente compatíveis com as operações da OTAN, não apenas em termos de hardware, mas também em sua configuração de aviônica e comunicações. No final de outubro, as equipes das Forças Armadas de Portugal (FAP) e da Embraer concluíram o “Critical Design Review – CDR” dos KC-390 Millennium encomendados por Portugal. Esta etapa definiu os requisitos técnicos da aeronave de acordo com as demandas da FAP, possibilitando à Embraer configurar as aeronaves.

O governo de Portugal e a Embraer assinaram um contrato para aquisição de cinco aeronaves que tem como objetivo apoiar as operações das Forças Armadas de Portugal e aumentar a prontidão em missões de interesse nacional. As entregas estão programadas para começar em 2023. Projeto conjunto da FAB com a Embraer, o C-390 Millennium é um jato de transporte tático militar projetado para estabelecer novos padrões em sua categoria. Alguns dos pontos fortes da aeronave são a mobilidade, design robusto, maior flexibilidade, tecnologia comprovada de última geração e manutenção mais fácil.

O C-390 Millennium e a variante KC-390 Millennium voam mais rápido e carregam mais carga que outros cargueiros militares de mesmo porte e são como plataformas ideais para os principais cenários de utilização. Exige menos inspeções e manutenção sob demanda, combinado com sistemas e componentes qualificados, o que reduz o tempo da aeronave no solo e os custos totais da operação, contribuindo para níveis de disponibilidade excelentes e baixo custo do ciclo de vida.

Em outubro de 2019, a Embraer foi apontada como líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.