Início Destaques

Fernando Pacchiarotti deixa a presidência do SinHoRes em Araraquara

Causou surpresa o pedido feito por Pachiarotti de se afastar da diretoria do SinHoRes; sua decisão foi tomada após criticar os novos horários de fechamento das casas neste período mais crítico da pandemia. Também ocorre as vésperas de um encontro com o Ministério Público em que pediria – horário mais esticado para funcionamento do setor.

135
Fernando Pachiarotti deixa a presidência do SinHoRes

Dezoito meses depois de ser empossado presidente do SinHoRes – Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares, o empresário Fernando Pacchiarotti deixou o cargo por tempo indeterminado alegando que sua saída está se dando por questões pessoais. Ele sai no momento em que o sindicato se mobiliza para reverter a decisão do Governador João Doria que em decreto tornou mais rígidas as regras que controlam o funcionamento do setor de gastronomia no Estado de São Paulo por causa da pandemia.

Na semana passada ao dar entrevista ao RCIA, o ex-presidente saiu abertamente em defesa da categoria criticando duramente o governo estadual e indiretamente o prefeito Edinho Silva que ratificou apoio ao decreto estabelecendo funcionamento de bares e restaurantes às 20h e fechamento aos sábados e domingos para evitar aglomerações, ainda que as casas venham se mantendo corretas no cumprimento dos protocolos.

O pedido de afastamento da diretoria se deu nesta segunda-feira à noite. Para tanto, Pacchiarotti justificou a saída como sendo necessária para se dedicar à família e também ao seu restaurante que sofre os reflexos da pandemia.

A partir de agora o SinHoRes passa a ser administrado pelo empresário Wiliam Jorge Molina Gil que vinha ocupando a segunda vice-presidência. Sua primeira missão ocorre nesta quinta-feira (4) quando tentará sensibilizar o Ministério Público a esticar o funcionamento dos bares e restaurantes até meia-noite. De acordo com o estatuto do SinHoRes, Adailton Pace, primeiro vice-presidente empossado em setembro de 2019 deveria assumir o posto, mas isso não aconteceu.