Início Destaques

Filhos denunciam comandante da Polícia Militar por abusos sexuais

O depoimento feito pelos próprios filhos na Delegacia de Polícia acusando o pai por abusos sexuais, levou a Polícia Militar a recolher o major em Ribeirão Preto e anunciar um novo comandante no município de São Carlos.

1100
Já foi designado um novo comandante para a Polícia Militar de São Carlos

Um adolescente de 13 anos e a irmã de 19 anos nesta sexta-feira (3) em São Carlos denunciaram o próprio pai – um major, que é comandante da Polícia Militar no município, por abuso sexual. A denúncia feita pelos filhos levou à Secretaria de Segurança Pública (SSP) a promover o afastamento do Major, para dar início ao processo de investigações.

A polícia só teve conhecimento depois que o garoto foi encontrado andando pela rodovia Washington Luiz querendo ir ao encontro da irmã de 19 anos que estava em Limeira.

Abordado, o adolescente foi levado para a delegacia e lá ele acabou contando o que vinha ocorrendo, ou seja os abusos sexuais cometidos pelo pai. A irmã foi localizada pelas autoridades policiais e teria comentado que a saída do menino de casa talvez estivesse acontecendo por conta também de abusos pois ela mesmo já sofrera com isso diversas vezes, desde os 11 anos de idade.

Imediatamente o Conselho Tutelar, que acompanhou a elaboração da ocorrência, encaminhou o menor para um abrigo diante orientação do Promotor Público da Vara da Infância e Juventude que esteve na Delegacia de Polícia de São Carlos.

O major da Polícia Militar segundo consta está recolhido no Comando de Policiamento do Interior em Ribeirão Preto. Para o seu posto a Secretaria de Segurança Pública já designou um novo comandante para o 38° Batalhão da Polícia Militar.

O militar nega a acusação e diz que é um ato de rebeldia dos filhos que querem sair de casa; eles no entanto, agora estão sob cuidados do município e devem passar por avaliação psicológica.

O QUE O COMANDO DA PM DIZ EM NOTA

Em nota distribuída à imprensa neste sábado, a Polícia Militar em um dos trechos diz que – “De imediato, o Comandante do Policiamento do Interior de Ribeirão Preto afastou o Oficial de suas funções e designou novo Comandante para o Batalhão em questão.”

Cita no final da nota que “a Polícia Militar reitera que é uma instituição compromissada com a defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana e que, em suas ações, mantém a estrita observância aos princípios da transparência, legalidade e impessoalidade.”