Início Destaques

Quase dobra número de negros matriculados em 10 anos, diz Vunesp

Vestibular Unesp registra na década alta de 89% no total de matriculados pretos e pardos

17

O Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Unesp) apresentou nos últimos dez anos um crescimento de 89% no total de ingressantes pretos e pardos, de acordo com os dados do Relatório do Vestibular Unesp produzido pela Fundação Vunesp, responsável pelo exame.

O total de negros (pretos ou pardos) passou de 949 no Vestibular 2010, ou cerca de 15% dos 6.429 matriculados naquele ano, para 1.798 no Vestibular 2020, ou 24% dos 7.485 novos estudantes que ingressaram na Unesp neste ano por meio do exame.

Para o Vestibular Unesp 2021, é ofertado um total de 7.630 vagas, das quais 3.829 vagas (50%) destinadas para o Sistema de Reserva de Vagas para Educação Básica Pública (SRVEBP) e, desse conjunto, 1.349 vagas, ou 17,6% do total, estão reservadas a candidatos autodeclarados pretos, pardos e indígenas (SRVEBP+PPI) formados no ensino médio público. As inscrições para o Vestibular Unesp 2021 vão até 27 de novembro, na próxima semana.

Pioneira entre as três universidades estaduais paulistas no sistema de reserva de vagas para egressos de escolas públicas e para pretos, pardos e indígenas, a Unesp atingiu, em 2018, a meta de pelo menos 50% dos ingressantes egressos da rede pública, consolidando o programa de inclusão concebido para tornar a Universidade mais acessível e plural.

“Este aumento significativo de candidatos pretos e pardos matriculados ao longo da década é importante para a Universidade e tem fundamental participação do Sistema de Reserva de Vagas para Educação Básica Pública, implantado para o ingresso em 2014”, diz o professor Renato Eugênio da Silva Diniz, superintendente acadêmico da Fundação Vunesp, organizadora do Vestibular Unesp desde 1981.

Em relação à veracidade da autodeclaração dos candidatos no ato da inscrição, a Vunesp informa que, conforme a Resolução Unesp nº 70, de 26 de novembro de 2018, em seus artigos 1º e 3º, para a comprovação da veracidade das autodeclarações dos candidatos autodeclarados como pretos e pardos poderá ser realizado, a qualquer tempo, por provocação ou por iniciativa própria da administração, procedimento de averiguação à vista da autodeclaração firmada no ato de inscrição no concurso vestibular.

A taxa de inscrição para o Vestibular Unesp 2021 é de R$ 170 e deve ser feita pela internet, diretamente no site da Vunesp. A Universidade oferece redução de 75% aos alunos matriculados no último ano do ensino médio da rede pública estadual paulista, que inclui formandos da Secretaria da Educação e do Centro Paula Sousa, reduzindo a R$ 42,50 o valor da taxa. Candidatos treineiros se inscrevem com redução de 50% no valor da taxa.

A primeira fase do Vestibular Unesp, a Prova de Conhecimentos Gerais, será aplicada em 30 e 31 de janeiro (sábado e domingo). Farão prova no primeiro dia os candidatos dos cursos de Biológicas. No domingo, 31 de janeiro, a prova será realizada para os candidatos dos cursos de Exatas e Humanidades e também para os treineiros. Assim como no ano passado, cada candidato responderá a 90 questões de múltipla escolha na primeira fase, sendo 30 de Linguagens e Códigos, 30 de Ciências da Natureza e Matemática e 30 de Ciências Humanas.

Na segunda fase, todos os candidatos farão a mesma prova, com 60 questões de múltipla escolha, além de uma redação. A prova será aplicada em 28 de fevereiro, um domingo. O grau de dificuldade e o nível de seleção serão os mesmos da segunda fase do ano passado, quando foram aplicadas 36 questões dissertativas, além da redação.

Para obter informações sobre todos os cursos da Universidade, acesse o Guia de Profissões da Unesp em www.unesp.br/guiadeprofissoes. Para tirar dúvidas sobre o vestibular, o candidato pode fazer contato pelo Disque Vunesp no telefone (11) 3874-6300 (em dias úteis, das 8h às 18h) ou pelo link “Fale Conosco” do site da Vunesp: https://www.vunesp.com.br/faleconosco.

Sobre a Unesp
A Unesp é uma universidade pública e gratuita que está entre as maiores e melhores do país e da América Latina, segundo os principais rankings nacionais e internacionais.

Presente em 24 cidades do Estado de São Paulo, com 34 unidades universitárias, desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão em todas as áreas do conhecimento.

Criada em 1976, a Universidade tem aproximadamente 54 mil estudantes, entre alunos de graduação e pós-graduação (stricto sensu), possui cerca de 1.900 laboratórios e 34 bibliotecas, além de cinco fazendas de ensino e pesquisa e três hospitais veterinários.