Início Destaques

Rapaz invade Prefeitura e danifica vários objetos

Guardas municipais conseguiram deter o indivíduo que estava desorientado

68

No final da tarde desta quarta-feira (16), um rapaz de 23 anos invadiu a Prefeitura de Araraquara e quebrou vários objetos do local. De acordo com testemunhas, ele estava visivelmente desorientado e aparentava ser usuário de drogas.

Vasos do Paço Municipal foram danificados

Segundo o apurado, o guarda municipal que trabalha no Paço Municipal abordou o rapaz e conseguiu conte-lo. Com o apoio de equipes da Polícia Militar, o indivíduo foi encaminhado para a delegacia de polícia, onde ficou à disposição da justiça.

De acordo com a Prefeitura ao constatar problemas psicológicos, o delegado responsável registrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e o encaminhou à UPA Central.

Na unidade, ele foi medicado e, horas depois, em função do problema mental, foi liberado para um familiar responsável.

 

Gustavo Jacobucci, presidente do SISMAR – Sindicato que representa os servidores públicos se posicionou em rede social, afirmando que com certeza é uma vergonha e inadmissível tal situação.

“Servidores que deixam suas casas, suas famílias para servir o povo com toda qualidade possível, enfrentando e matando um leão por dia, tendo que se reinventar diariamente por conta de situações muitas vezes precárias do sistema público. Hoje, sob a desculpa de “sofrer de problemas mentais”, muito malandro aproveita para fazer o mal. Solidarizo com os colegas de serviço pois hoje foi no Paço, mas existe nas UPAs, CERs, PSFs. Aproveito para ressaltar um ponto que não pode passar despercebido e serve mais uma vez para enfatizar o que já vínhamos pedindo há anos.”O Guarda Municipal local conseguiu conter o homem”. O aparelhamento, treinamento, fortalecimento e acima de tudo, respeito com a Guarda Municipal, pois foi um GCM quem fez a contenção e salvou os demais colegas e munícipes na ocasião, mais uma vez, como sempre, socorrendo, fazendo a diferença e não sendo valorizado como deveria”, ressaltou Jacobucci.