Início Destaques

Recursos do (I)NOVAGrad asseguram dois novos laboratórios na Química Araraquara

Espaços de ensino abertos no Instituto de Química, em Araraquara, começam a funcionar

319
Profa. Gladis Massini Cagliari, pró-reitora de graduação, prof. Eduardo Maffud Cilli, diretor do IQ, câmpus de Araraquara, e professores do IQ na Sala de Práticas Ativas do curso de Engenharia Química

A inauguração do Laboratório de Microbiologia dos cursos de Bacharelado e Licenciatura de Química e da Sala de Práticas Ativas do curso de Engenharia Química do Instituto de Química da Unesp, câmpus de Araraquara, foram inaugurados este mês pela professora Gladis Massini-Cagliari, pró-reitora de graduação da Universidade, e pelo professor Eduardo Maffud Cilli, diretor do IQ, acompanhados por vários professores da unidade.

“O programa (I)NOVAGrad é voltado para inovação na graduação, em suas várias facetas. Ele estimula inovação dos espaços de aprendizagem, como vemos aqui no IQ, dos currículos, das grades curriculares, da maneira de pensar a estruturação do curso, enfim, tudo voltado à formação dos alunos”, disse a professora Gladis Massini-Cagliari.

“O programa permitiu a inauguração de laboratórios no Instituto de Química que vai aumentar ainda mais a excelência dos cursos. Os dois laboratórios permitem, além das atividades de ensino normais, também o desenvolvimento de atividades de extensão”, destacou Eduardo Cilli.

A Sala de Práticas Ativas da Engenharia Química conta com simuladores de processos químicos, tais como o software da AspenTech, o SuperPro Designer, o Autocad, o Autocad Plant 3D e o Simulink/Matlab, que atendem a 12 disciplinas do 7º ao 9º semestre do curso.

“Esse laboratório é extremamente importante para diversas disciplinas porque com o formato e a dinâmica que conseguimos trabalhar aqui, prepara os futuros engenheiros para uma situação muito semelhante em relação ao que eles vão encontrar no campo de trabalho”, afirmou professora Maria Angélica Martins Costa, Chefe do Departamento de Bioquímica e de Tecnologia do IQ.

“Nós criamos essa Sala tendo a visão de que o estudante trabalhe mais na área de projetos. Para que ele consega interagir mais com projetos e, assim mesmo, o professor também consega interagir melhor com aluno, resolvendo questões do dia a dia”, comentou a professora Kelly Johana Dussán Medina, coordenadora do curso Engenharia Química do IQ.

“O aluno não é mais aquele ser sentado naquela forma quadrada. Ele está dentro da prática. Ele faz parte desse novo desenvolvimento. Você inverte a posição desse aluno. Ele passa ser também o centro, o foco. Ele consegue se expressar. Ele vai falar, pesquisar e mostrar os seus resultados”, explicou Maria Angélica.

“Tal interação que, agora, vai ter o aluno nesta Sala vai nos permitir também conseguir trazer problemas para os alunos e, eles conseguirem solucionar. Tudo relacionado com o dia a dia do engenheiro para conseguirem ter uma melhor interação”, expressou Kelly Medina.

“Que o aluno interaja muito mais e fortemente com os professores, com os amigos e com os companheiros de sala. Então, aqui promove as decisões, as conversas e os diálogos em grupo”, ressaltou o professor Arnaldo Sardi, do Departamento de Bioquímica e de Tecnologia do IQ.

“Para o professor é muito interessante porque você consegue atingir o aluno de uma forma mais efetiva. Você tem uma relação intrínseca com ele. Então, é uma troca”, sublinhou Maria Angélica.

“Pela primeira experiência que eu tive dando uma aula nessa Sala foi de tremenda surpresa de ver os alunos atenderem os objetivos da disciplina e de terem gostado da disposição e da dinâmica. Aqui saímos, um pouco, daquela setorização de sala que são as fileiras”, reiterou Arnaldo Sardi.

“Não conseguiríamos ter esta sala se não fossem pelos projetos que foram abertos. 50% da ajuda veio da Prograd e 50%, do Instituto de Química. Sem ajuda deles dois, não conseguiríamos ter o que a gente tem hoje como está sala”,expressou Kelly Medina.

Já o Laboratório de Microbiologia dos cursos de Bacharelado e Licenciatura em Química também poderá ser utilizado pelos cursos de Engenharia Química e pós-graduação em Química e Biotecnologia. O espaço permite a oferta da disciplina de Microbiologia que faz parte dos objetivos da Nova Estrutura Curricular dos cursos de Química que deve ser implantada até o fim de 2020.

“Agora temos as condições de segurança para que nossos alunos possam manipular os microrganismos e, nesse sentido, ter uma formação diferenciada”, relatou a professora Sandra Pombeiro Spomchiado, do Departamento de Bioquímica e Tecnologia Química do IQ.

“Além da segurança e da biossegurança, o aluno poderá executar experimentos que até agora não eram comumente realizados nos laboratórios por falta de uma infra-estrutura mais adequada”, contou Maria Del Pilar Sotomayor, chefe do Departamento de Química Analítica.

“Eles também vão poder observar, manipular, inocular e fazer o crescimento desses microrganismos no microscópio. Dessa maneira, eles terão um ganho em termos de conhecimento. Os nossos alunos da Química, hoje, vão sair com uma formação na área de microbiologia também”, declarou  Sandra Spomchiado.

“Os alunos poderão sair com essa ferramenta adicional de terem cursado de fato, experimentalmente, em nosso curso, disciplinas de conteúdo experimental na área de microbiologia, de toxicologia e de bromatologia”, expôs Maria Del Pilar.

“Antes da reestruturação do curso de Química, essas disciplinas não estavam presentes no currículo. Então, uma vez tendo esse espaço “Agora temos as condições de segurança para que nossos alunos possam manipular os microrganismos e, nesse sentido, ter uma formação diferenciada”, relatou a professora Sandra Pombeiro Spomchiado, do Departamento de Bioquímica e Tecnologia Química do IQ.

“Além da segurança e da biossegurança, o aluno poderá executar experimentos que até agora não eram comumente realizados nos laboratórios por falta de uma infra-estrutura mais adequada”, contou Maria Del Pilar Sotomayor, chefe do Departamento de Química Analítica.

“Eles também vão poder observar, manipular, inocular e fazer o crescimento desses microrganismos no microscópio. Dessa maneira, eles terão um ganho em termos de conhecimento. Os nossos alunos da Química, hoje, vão sair com uma formação na área de microbiologia também”, declarou  Sandra Spomchiado.

“Os alunos poderão sair com essa ferramenta adicional de terem cursado de fato, experimentalmente, em nosso curso, disciplinas de conteúdo experimental na área de microbiologia, de toxicologia e de bromatologia”, expôs Maria Del Pilar.

“Antes da reestruturação do curso de Química, essas disciplinas não estavam presentes no currículo. Então, uma vez tendo esse espaço vai ser possível inovar a grade curricular do curso de Química. E dessa maneira vai permitir que os alunos tenham esse conhecimento e possam agregá-lo à formação de químico, que é na área biológica”,citou Sandra Spomchiado.

“Os primeiros resultados do edital (I)NOVAGrad mostram que essa conjugação de esforços entre a Pró-Reitoria de Graduação e as unidades, os cursos, as coordenações dos cursos de graduação é capaz desse ganho de qualidade, em termos de práticas pedagógicas inovadoras e de pensar a organização dos nossos currículos de forma igualmente inovadora”, concluiu a pró-reitora de graduação da Unesp.

 vai ser possível inovar a grade curricular do curso de Química. E dessa maneira vai permitir que os alunos tenham esse conhecimento e possam agregá-lo à formação de químico, que é na área biológica”,citou Sandra Spomchiado.

“Os primeiros resultados do edital (I)NOVAGrad mostram que essa conjugação de esforços entre a Pró-Reitoria de Graduação e as unidades, os cursos, as coordenações dos cursos de graduação é capaz desse ganho de qualidade, em termos de práticas pedagógicas inovadoras e de pensar a organização dos nossos currículos de forma igualmente inovadora”, concluiu a pró-reitora de graduação da Unesp.

Inauguração do Laboratório de Microbiologia dos cursos de Bacharelado e Licenciatura de Química e da Sala de Práticas Ativas do curso de Engenharia Química do Instituto de Química da Unesp, câmpus de Araraquara