Home Cidade

Rotary Club integrado aos movimentos sociais celebra 75 anos de Araraquara

Vice-prefeito elogia atuação solidária dos rotarianos que têm efetiva participação nos meios sociais e filantrópicos da cidade

2
Damiano foi recepcionado pelo rotarianos

O Vice-prefeito e secretário do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Damiano Neto, que também é rotariano, ressaltou o trabalho solidário dos Rotary Clubs durante encontro no salão social do Clube Araraquarense, na sexta-feira (23), quando os clubes de serviço celebraram 75 anos de atividades em Araraquara.

Damiano Neto, que representou o prefeito Edinho, agradeceu aos rotarianos a colaboração em diversas campanhas.

“A administração municipal é grata aos rotarianos que atuam nos clubes de serviço sempre dispostos nas campanhas solidárias de arrecadação de alimentos, de fraldas, de empréstimos de camas hospitalares e cadeiras de rodas, doações de óculos”, disse o vice-prefeito.

Ao final da saudação, Damiano recordou a colaboração dos Rotary’s nas campanhas de vacinação da poliomielite, inclusive mais recentemente contra a Covid-19, e também o apoio dos jovens por meio do Rotaract, Interact, Rotakids e Casas da Amizade.

Além do pioneiro Rotary Club de Araraquara a cidade abriga o Rotary Club de Araraquara Carmo, Rotary Club de Araraquara Oeste, Rotary Club de Araraquara Leste, Rotary Club de Araraquara Santa Angelina e Rotary Club de Araraquara Morada do Sol.

HISTÓRICO

A iniciativa de fundação do Rotary Club de Araraquara foi liderada pelo engenheiro Boaventura Gravina no final de 1948, após retornar de uma viagem aos Estados Unidos e Canadá. Durante a giro na América do Norte, Gravina se tornou amigo de sócios do Rotary Club de São Paulo.

A ideia prosperou e em março de 1949 estava fundado o Rotary Club de Araraquara tendo à frente os primeiros sócios fundadores: Boaventura Gravina, Gennaro Granata, Geraldo Blum, José Barbieri Neto, José da Motta Cerqueira, Luiz de Lacerda Carvalho, Manoel Augusto Amorim, Shyrtes de Lourenzo e Wilton Lupo.