Home Cidade

Uma vida. Uma história. Aspa comemora 62 anos de fundação nesta quarta dedicados ao Servidor Público.

Agradecidos aos 2.080 associados e 2.000 dependentes, os diretores da ASPA enalteceram nesta manhã de quarta-feira todos que diretamente têm colaborado com a instituição que atende servidores públicos municipais, estaduais e federais em Araraquara e região. "Somos gratos aos que ajudaram e ajudam a ASPA a ser um grande associação", disse Adilson Custódio, emocionado.

2
Os diretores Mário Camargo, Adilson Custódio e Paulo Dimas Cézar com as colaboradoras Elaine Cristina Tófolli, Silvia Helena Ianni, Katliyn André e Elisa Márcia Cortello nesta manhã comemorando a data

Da primeira reunião da diretoria administrativa da ASPA realizada em 27 de junho de 1962, um mês após sua fundação ocorrida no auditório da IEBA, tratou-se logo dela – associação, ter sua sede própria. Era uma aspiração do primeiro presidente Délcio Gonçalves da Silva, servidor público arrojado e idealizador.

Na sua vida pessoal também foi assim: Délcio foi o pioneiro na criação de locadora de automóveis na região de Araraquara em 1968 ao fundar a Aesic  Auto Aluga, uma espécie de Localiza, na Rua Gonçalves Dias entre as Avenidas Espanha e Duque de Caxias. Já era sinal dos tempos, modernos e de uma Araraquara emergente.

Mas enquanto o sonho da sede própria não se tornava realidade a ASPA atuava de forma nômade ocupando espaços de terceiros, como aconteceu em sua primeira reunião ocorrida na ASMA (Padre Duarte, 1860), onde tratou-se da compra de uma sala no Edifício Lupo (que depois não se realizou). Além disso, também estavam na pauta a discussão sobre o registro dos estatutos e a confecção de convites para a posse da diretoria.

Na segunda reunião (18/07/1962), o presidente solicitava do governador do Estado uma ampla sala no pavimento superior do SESA, em comodato e pedia a intervenção e ajuda do prefeito Benedito de Oliveira (1960-1963) para o intento da associação, mas também o apelo não se concretizou.

Délcio não desanimou: decorrido o primeiro mandato, a ASPA conseguiu finalmente um endereço provisório, na rua do Mercado, 11 – 1° Andar. Ali aconteceu a Assembleia Ordinária para a eleição da segunda diretoria da ASPA, dia 30 de novembro de 1963.

Decorrido o primeiro mandato, a ASPA conseguiu finalmente um endereço provisório, na rua do Mercado, 11 – 1° Andar. Ali aconteceu a Assembleia Ordinária para a eleição da segunda diretoria da ASPA, dia 30 de novembro de 1963.

Délcio Gonçalves da Silva, o mesmo que tivera a ideia de criar a ASPA, foi reeleito para o mandato de 1964-1965 e durante esse período consegue comprar uma casa na Avenida Prudente de Morais, 963, instalando ali a primeira sede própria da associação. O prédio custou Cr$ 3.250.000,00 aos cofres da ASPA. O sonho agora era realidade.

Para o atual presidente Adilson Custódio é sempre importante lembrar o começo da Associação dos Servidores Públicos de Araraquara, primeiro pelo fato da entidade ter sido criada com o propósito de congregar os servidores públicos, depois a disposição dos diretores em lutar pela conquista de uma sede própria e finalmente, mostrar que toda essa trajetória não foi em vão. “Cada diretoria foi fazendo um pouco e nós, diretoria atual, tivemos a felicidade de dar prosseguimento as conquistas, preservando-as e triplicando o seu patrimônio com realizações que se encaixam na época que vivemos”.

Por exemplo, diz o vice-presidente Paulo Dimas Cézar, no ano passado entregamos o conjunto social “Olympio Teixeira Filho” revitalizado e com sistema de acessibilidade (elevador) que proporciona amplo conforto aos associados e visitantes. No dia 8 de junho vamos entregar ao corpo associativo o sistema de climatização de todo salão de festas com dispositivos tecnológicos de última geração.

Em meio a essa propagação de atos positivos que dignificam a entidade que hoje completa 62 anos será apresentada a programação de festejos comemorativos no dia 08 de junho, pontuados por eventos que visam promover a interação entre os servidos públicos de Araraquara.

Nesta manhã através das redes sociais, a diretoria da ASPA, fez publicar uma mensagem em que evidencia o cenário de prosperidade que a entidade vive.

“Tal como a história daqueles persistentes fundadores, e, depois mantenedores dos princípios éticos voltados para o funcionalismo público federal, estadual e municipal, o futuro haverá de reconhecer o trabalho e a visão empreendedora de novas gerações que souberam respeitar os caminhos andados e dignificar com honradez o significado ASPA – a marca que se fez forte!

Abraçamos todos os servidores indistintamente neste dia e convidamos para que se integrem a essa Família que busca oferecer benefícios, vantagens e qualidade de vida pelo que fizeram por nossa terra. Obrigado Araraquara!”, assegura a publicação.

DIRETORIA E COLABORADORES

Presidente: Adilson Custódio
Vice-Presidente: Paulo Dimas Cézar
1° Secretário: José Gervásio da Silva
2° Secretário: Raphael Augusto Arruda Souza Dosualdo
1° Tesoureiro: Mário Camargo Júnior
2° Tesoureiro: Mário Roberto Dispeiratti Cavalcanti

CONSELHO FISCAL / EFETIVOS
Aprígio Ildefonso Braga
Dorival Baptista
Osmar Benedito da Silva

CONSELHO FISCAL / SUPLENTES
Antonia Baptistini
Murilo Pereira Tienne
Paulo Roberto Delbon

CONSELHO DELIBERATIVO
EFETIVOS
Alzemiro Ianelli (in memorian), Eleni Aparecida dos Santos, Jorge Carlos Tacão, Marcelo Moraes de Campos, Mário Thuyosi Hokama, Rogério do Prado Lima, Rui Pinheiro Camargo Penteado e Vilma Pereira Beata
SUPLENTES
Antonio Lorenzetti, Carlos Eduardo Delbon, Celinia Maria Martinez Alonso

ATENDIMENTO
Administração Geral: Elisa Márcia C. Cortello
Recepção/Assistência: Elaine Cristina Tófolli e Katlyn B. André
Seguro de Vida: Silvia Helena Ianni
Auxiliar de Escritório: Celso Aparecido Cortello