Início Destaques

Câmara pede ao governador suspensão da cobrança de pedágios

A manutenção da cobrança nos patamares atuais é extremamente injusta, pois, a renda de todos vai diminuir em razão das medidas da quarentena 

29
Altos valores dos pedágios preocupam os caminhoneiros

Em virtude da quarentena decretada pelo Governo do Estado para conter o avanço do Coronavírus, e considerando que afeta sensivelmente o comércio, trabalhadores, indústrias e toda a cadeia produtiva, o que provocará queda de renda do trabalhador e do faturamento das empresas, o presidente da Câmara Municipal de Araraquara, vereador Tenente Santana (MDB), encaminhou Requerimento ao governador do Estado de São Paulo, João Dória, e à Agência de Transporte do Estado de São Paulo ( Artesp), solicitando a suspensão da cobrança de pedágio nas rodovias paulistas para os transportadores de cargas e a redução de tarifa para os demais usuários durante esse período.

O parlamentar argumenta que “a manutenção da cobrança nos patamares atuais é extremamente injusta, pois, a renda de todos vai diminuir em razão das medidas da quarentena”, acrescentando que essa ação “poderia evitar um possível desabastecimento, o que resultaria no aumento de preços de produtos, em especial, de gêneros alimentícios”.

A isenção do pagamento do pedágio para o transporte de carga baratearia o frete e diminuiria o impacto da crise nos preços dos produtos. “Quanto à diminuição da tarifa para os demais usuários, ela se faz justa, uma vez que a renda deve ficar menor por conta da pandemia da COVID-19”, alertou Santana.

Ele acredita que o momento exige sacrifício de todos, sem distinção, para que o Coronavírus seja vencido e que o Estado de São Paulo volte a crescer. Cópias do Requerimento foram enviadas às lideranças partidárias com assento na Assembleia Legislativa e às Câmaras Municipais do Estado de São Paulo.