Início Agronegócio

Corrida por açúcar gera enormes filas

Em Santos, as embarcações aguardam para levar mais de 3 milhões de toneladas de açúcar para refinarias pelo mundo.

51
Boa parte do comércio global de açúcar voltou-se para o Brasil

Mais de 70 navios estão na fila no Porto de Santos (SP) para carregar açúcar para exportação, em um engarrafamento que pode levar mais de um mês para ser reduzido.

Boa parte do comércio global de açúcar voltou-se para o Brasil, que deverá ter produção recorde na safra atual, principalmente após colheitas fracas na Índia e na Tailândia.

Em Santos, as embarcações aguardam para levar mais de 3 milhões de toneladas de açúcar para refinarias pelo mundo. No mesmo período do ano passado, eram apenas 15 navios, que esperavam para carregar 700 mil toneladas, segundo dados da agência marítima Williams.

O tempo médio de espera está agora em torno de 29 dias contra quatro ou cinco dias no ano passado.

Para Douglas de Oliveira, diretor comercial da Usina Santa Fé, uma vez que o Brasil tem oferta e melhores condições econômicas para atender o mercado global, o problema logístico é algo “natural”.

“O que for possível produzir, está sendo embarcado. Estamos no terceiro mês de safra e meu barracão está vazio”, disse ele, ressaltando que a empresa embarca o que é produzido rapidamente.